Morre dono de supermercado baleado durante assalto em Bento Gonçalves - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Segurança09/09/2018 | 19h51Atualizada em 10/09/2018 | 11h11

Morre dono de supermercado baleado durante assalto em Bento Gonçalves

Gregório Bruschi estava internado desde quinta-feira, no Hospital Tacchini

Morre dono de supermercado baleado durante assalto em Bento Gonçalves Facebook/Reprodução
Foto: Facebook / Reprodução
Pioneiro

Morreu na tarde deste domingo o empresário Gregório Bruschi, de 58 anos. Ele estava internado no Hospital Tacchini desde a noite de quinta-feira (6), quando foi baleado durante um assalto a um supermercado no bairro Botafogo, em Bento Gonçalves.

O empresário, que era um dos sócios da rede Grepar, foi atingido por disparos de arma de fogo na perna, passou por cirurgia ainda na noite de quinta-feira, mas não resistiu. No assalto, o ladrão acessou o dinheiro do cofre e conseguiu fugir. Funcionários e clientes não foram atingidos. A Polícia Civil trabalha na investigação do caso.

O presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (AGAS), Antônio Cesa Longo, lamentou a morte de Bruschi e afirmou que o setor está de luto:

— Foi uma fatalidade com alguém que estava sempre presente, na linha de frente. Sem dúvidas, todo setor perde com mais essa fatalidade. (Bruschi) era o perfil de supermercadista da região, que está sem junto, buscando soluções. Infelizmente, foi mais uma vítima da insegurança.

Bruschi era um dos responsáveis pelo crescimento da rede de supermercados Grepar. Em 2016, foi um dos homenageados pela Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves com uma portaria de Louvor e Agradecimento pelos 30 anos de atuação da empresa na cidade. 

A rede começou num pequeno mercado em janeiro de 1986, no bairro Progresso. Gregório e o irmão dele, Paulo, contavam com a ajuda de dois funcionários. Tempos depois, os irmãos incluíram um terceiro sócio. Ao longo dos anos, o negócio se expandiu e virou uma rede, atualmente com seis lojas em Bento Gonçalves. 

O velório do empresário Gregório Bruschi será realizado na Capela São José, em Bento Gonçalves. Por meio de nota nas redes sociais, a rede Grepar informou que as lojas do grupo estarão fechadas nesta segunda-feira.

O empresário é uma das vítimas do contexto de violência que atinge Bento Gonçalves desde o ano passado.  Neste ano, 33 pessoas foram assassinadas, a maioria por envolvimento com o tráfico de drogas. 

Bruschi, porém, é a primeira vítima de latrocínio (roubo com morte) no ano. Em julho, um adolescente de 14 anos já havia sido baleado na cabeça durante um assalto a um ginásio de esportes no bairro Vinosul. O guri permaneceu quase um  mês na UTI de um hospital antes de ser transferido para um quarto. Os autores desse crime foram identificados.

Leia também:
Polícia prende 20 pessoas com drogas em abordagem a ônibus em Bento Gonçalves
Jovem morre e três ficam feridos após carros caírem em barranco no interior de Caxias do Sul
Rota do Sol tem trânsito moderado na volta do feriado

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros