Estrada do Imigrante, em Caxias, será a primeira a receber faixa para ciclistas - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Espaço compartilhado26/09/2018 | 13h34Atualizada em 26/09/2018 | 13h34

Estrada do Imigrante, em Caxias, será a primeira a receber faixa para ciclistas

Modelo que deve ser implantado em outras estradas da região e perímetro urbano da cidade 

Estrada do Imigrante, em Caxias, será a primeira a receber faixa para ciclistas Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Prefeitura quer evitar que faixas para passagem sejam implantadas em locais de pouca movimentação de ciclistas, como é o caso da ciclovia de Forqueta Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

A Secretaria de Trânsito de Caxias do Sul vai implantar até o fim de outubro faixas de orientação para os motoristas e ciclistas ao longo dos 12 quilômetros da Estrada do Imigrante, na Terceira Légua. A sinalização vai indicar o espaço adequado para o posicionamento do ciclista na direita da rodovia, conforme estabelece o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). No trecho, também serão instaladas dez placas que vão orientar os motoristas para ter atenção e respeito com os ciclistas.

A iniciativa, que deve começar a ser concretizada nos próximos dias, foi baseada em levantamento feito junto a ciclistas que indicou os principais pontos de movimentação de bicicletas no interior de Caxias e em municípios vizinhos.

Segundo o secretário de Trânsito, Transportes e Mobilidade, Cristiano de Abreu Soares, a implantação na Estrada do Imigrante é um teste para que esse modelo seja executado em outros pontos da região e no perímetro urbano de Caxias do Sul.

— Aquela região será o nosso piloto, pois queremos implantar essa iniciativa em outras estradas do interior, que são estradas consagradas pelos ciclistas. A ideia é criar espaços que serão utilizados pelos ciclistas, e não fazer isso em áreas que hoje são ociosas, como ocorre na ciclovia de Forqueta, por exemplo. Posteriormente, queremos levar esse modelo para trechos na parte urbana da cidade — destaca.

O coletivo Pedala Caxias colaborou com a indicação dos trechos que devem receber a pintura e sinalização. Conforme uma das fundadoras do grupo, Caroline Turcatti, a meta é articular com os municípios vizinhos para que realizem a mesma iniciativa em outras estradas da região.

— Para realizar esse projeto em outras estradas precisamos desenvolver um diálogo com os municípios onde elas estão situadas. A ideia é que seja feito uma padronização, tanto da sinalização como do distanciamento entre motoristas e ciclistas – ressalta Caroline.

Além da Estrada do Imigrante, outros trechos que recebem elevado número de ciclistas na região são a Estrada da Uva, em Forqueta, a Estrada do Vinho, em Nova Palmira, a Estrada dos Romeiros, que leva ao Santuário de Caravaggio, em Farroupilha, e a estrada de Mato Perso, que liga Caxias do Sul a Farroupilha. O recurso que vai custear as placas e a pintura foi obtido com a arrecadação de multas de trânsito em Caxias do Sul.   

Leia também
Inscrições para crianças de zero a três anos na Educação Infantil abrem em outubro em Caxias
Após fim de contratos, apenas 24 PMs seguem no Policiamento Comunitário em Caxias

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros