Consulta pública do novo currículo escolar do RS se encerra nesta segunda - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Educação 02/09/2018 | 10h23Atualizada em 02/09/2018 | 10h33

Consulta pública do novo currículo escolar do RS se encerra nesta segunda

Prazo terminaria na última sexta, mas foi prorrogado para que interessados votem durante o final de semana 

Consulta pública do novo currículo escolar do RS se encerra nesta segunda Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Prazo terminaria na última sexta, mas foi prorrogado para que interessados votem durante o final de semana Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

A consulta pública que dá oportunidade à comunidade de opinar e definir os rumos da nova diretriz curricular a ser adotada por escolas públicas e privadas no Rio Grande do Sul a partir do próximo ano se encerra nesta segunda-feira.  O prazo para votação, que iniciou na segunda-feira, e iria se encerrar na última sexta-feira, foi prorrogado para que os interessados aproveitem o final de semana para colaborar com o futuro da educação pública. 

Leia mais
Até sexta, você pode votar na consulta pública que define o novo currículo das escolas do RS
Escolas da Serra debatem alterações da base curricular do Ensino Médio nesta quinta-feira

A coordenadora pedagógica da 4ª Coordenadoria Regional de Educação (4ª CRE), Ivanete Rocha de Miranda, é uma das 22 relatoras do programa, representando a região da Serra. 

— Esta é a etapa das contribuições para o texto preliminar. É por meio dessa plataforma, que é extremamente pedagógica, que é possível acrescentar conteúdos, rever habilidades, complementar com temáticas de cada localidade— destaca. 

Pela internet, profissionais da educação, pais e demais interessados podem assinalar se concordam com os itens e adicionar comentários no novo currículo, chamado de Referencial Curricular Gaúcho. O material, que está disponível na internet, conta com a contribuição de mais de 100 mil educadores que deram sugestões entre março e julho deste ano. 

O Referencial Curricular Gaúcho funcionará de forma complementar à nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC), para a Educação Infantil e o Ensino Fundamental.  A Base Nacional estabeleceu  competências obrigatórias mínimas que devem ser abordadas em sala de  aula, ligadas a disciplinas tradicionais, como português e matemática.  Ao mesmo tempo, também orientou que instituições e redes de ensino se  articulem para trabalhar conteúdos que valorizem história, cultura, raças, fauna e flora regionais. 

Os temas, chamados de "diversificados", não devem constituir uma nova disciplina independente, mas aparecer em  projetos transdisciplinares, sem carga horária mínima. Para participar do projeto, basta acessar o site curriculo.educacao.rs.gov.br, fazer o cadastro e acessar os referenciais. 

Na prática, os professores ou pais podem sugerir temas a serem trabalhados dentro do currículo já existente. O documento será enviado para aprovação do Conselho Estadual de Educação, no dia 26 de setembro. 

Leia também
"Eu ouvi os gritos dela, foi horrível", diz mãe de jovem morta com 17 facadas
Chuva voltou e os buracos nas estradas de Caxias não foram consertados


 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros