Rota Nova, em Caxias, está fora do perímetro de entregas, segundo Correios  - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Habitação28/08/2018 | 17h55

Rota Nova, em Caxias, está fora do perímetro de entregas, segundo Correios 

Residencial, que completou um ano, não recebe correspondências

Rota Nova, em Caxias, está fora do perímetro de entregas, segundo Correios  Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Em resposta à reportagem publicada na edição desta terça-feira do Pioneiro, referente a falta de entrega de correspondência no Residencial Rota Nova em Caxias do Sul, os Correios, por meio de nota, esclarecem que o local está fora do perímetro de entrega da instituição, por se tratar de área de expansão do município de Caxias do Sul. Na matéria, os moradores questionam o motivo de ter que se deslocar até o Centro ou ao bairro Pioneiro para retirar as cartas e documentos. 

Leia mais:
Prefeitura de Caxias considera que projeto de loteamento popular foi bem-sucedido
Um ano depois, loteamento popular de Caxias segue sem acesso a serviços básicos
Ordem de início para escola do loteamento Rota Nova, em Caxias, será assinada nesta quarta

Segundo os Correios, quando um bairro se expande e a carga de correspondências aumenta para uma determinada área na cidade, os Correios realizam um estudo das novas ruas e zonas do bairro (a partir do mapeamento realizado pelo órgão municipal responsável) e determinam como readequar a entrega a essas configurações _ o processo ocorre através do chamado Sistema de Distritamento (SD). 

Por meio desse estudo, é possível levantar a quantidade de carga a mais que a unidade receberá e o número de carteiros que serão necessários para realizar a entrega nos novos locais. Está previsto para outubro um novo sistema na unidade de distribuição dos Correios responsável pela área do Residencial Popular Rota Nova.

A agência acrescenta ainda que até que o novo estudo seja realizado e ocorram as contratações necessárias para a expansão da área de entrega no local, os moradores podem retirar as correspondências em uma Caixa Postal Comunitária localizada no bairro Mattioda.

Leia também:
Temperatura pode chegar aos 25°C nesta quarta-feira na Serra 
"Quem cria emprego não é o político. Quem assina a carteira é a empresa", diz presidente da Fundação Novo

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros