Reconstrução do asilo que pegou fogo em Vacaria deve começar no mês que vem - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Santa Isabel17/08/2018 | 14h25Atualizada em 17/08/2018 | 14h25

Reconstrução do asilo que pegou fogo em Vacaria deve começar no mês que vem

Duas mulheres morreram no incêndio

Reconstrução do asilo que pegou fogo em Vacaria deve começar no mês que vem Ricardo Dorigatti /Arquivo pessoal
Incêndio foi no início de junho do ano passado Foto: Ricardo Dorigatti / Arquivo pessoal

Mais de um ano após o incêndio que destruiu o Asilo Santa Isabel, em Vacaria, a expectativa é que as obras para construir o novo prédio comecem no mês de setembro. No final da tarde desta quinta-feira, foi conhecida a empresa vencedora da licitação. Ao todo, foram arrecadados R$ 2,150 milhões. Os recursos vieram da União, do Banrisul, do Ministério Público e da Câmara de Vereadores de Vacaria.

 Leia mais
Moradores de asilo destruído pelo fogo em Vacaria são transferidos para novo abrigo
Governo do Estado repassa R$ 500 mil para reconstrução de asilo que pegou fogo em Vacaria  

O projeto do novo prédio foi elaborado por três arquitetas de forma voluntária. Todos os escombros do antigo prédio, no centro da cidade, foram retirados, e o terreno passou por terraplenagem, feita por uma construtora também de forma voluntária. O asilo será construído no mesmo local do antigo, atrás do abrigo Divina Providência, com acesso pela rua Teodoro Camargo. 

O secretário de Planejamento e Urbanismo de Vacaria, João Alfredo Acauan Filho, explica que após a conclusão do projeto, o material foi adequado pela secretaria, para atender às demandas burocráticas. Depois, a prefeitura lançou o edital. A empresa vencedora foi a Gemma Construtora e Incorporadora Ltda, de Flores da Cunha. Ainda há prazo de cinco dias para recurso. O secretário acredita que, a obra pode começar em 30 dias. No edital da licitação, execução da obra está prevista para ocorrer em dez meses.

De acordo com o promotor de Justiça Luis Augusto Gonçalves Costa, que auxilia na busca de recursos para a reconstrução do asilo, foram arrecadados mais R$ 250 mil junto à comunidade de Vacaria. O dinheiro será utilizado para comprar o mobiliário do prédio. Ainda segundo o promotor, há mobilização para conseguir mais R$ 300 mil para o projeto de sustentabilidade do asilo, como a construção de cisternas e a colocação de painéis de energia solar.

— Mas isso não vai interferir na obra de reconstrução do asilo. Pode ser feito depois — explica.

O incêndio que destruiu o Asilo Santa Isabel aconteceu no início da tarde de 1º de junho do ano passado. O local abrigava 47 idosos. Duas mulheres morreram. Os moradores foram transferidos para outro prédio menor, onde funcionava o antigo albergue. Atualmente, 36 idosos estão nesse prédio. 

Leia também:
Polícia Civil apreende armas e prende suspeitos de envolvimento com organização criminosa na Serra
Yuri Mamute não treina e desfalca o Juventude diante do Oeste

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros