Evento reúne mães para conscientização sobre amamentação em Caxias - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Aleitamento materno05/08/2018 | 17h11Atualizada em 05/08/2018 | 17h11

Evento reúne mães para conscientização sobre amamentação em Caxias

Atividade busca ressaltar importância de aleitamento e superar preconceitos de amamentação em público

Evento reúne mães para conscientização sobre amamentação em Caxias Felipe Nyland/Agencia RBS
Evento envolveu atividades como aula de dança e roda de conversa Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Durante a tarde de ontem, mães, gestantes e lactantes participaram do mamaço promovido pelo grupo Nascer Sorrindo, entidade que realiza atividades voltadas ao parto humanizado e à amamentação. O evento ocorreu na Biblioteca Parque, na Estação Férrea, em Caxias. O ato integra movimento nacional de ações alusivas ao Mês da Amamentação, promovido pelo Ministério da Saúde.

- Se propaga muito uma visão romantizada da amamentação. Há sempre mulheres vestidas de branco em campanhas, por exemplo. Mas não se mostra a realidade: tanto sobre a importância (da amamentação) quanto o preconceito que muitas mães sofrem. O mamaço é justamente para naturalizar o ato em público. Muitas mães hoje são constrangidas através de olhares. As pessoas sexualizam algo que seria natural - comenta uma das idealizadoras do mamaço, a doula Larissa Simon.

Apesar de no Brasil a média de amamentação ser maior do que muitos outros países, ainda assim é bastante baixa. Estima-se que o aleitamento exclusivo no país seja de 54 dias, enquanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) preconiza seis meses.

Mãe de Aruan, 10 meses, a massagista Júlia Pellizzari diz que nunca se deixou constranger pelo preconceito com a amamentação em público. Porém, ela lamenta o comportamento de pessoas que interferem de forma negativa ou crítica a criação de bebês e acredita que isso causa receio em muitas mães.

- Existe uma cultura de dar muita opinião e questionar o que uma mãe faz. Todos os dias passamos por situações de sermos questionadas, até por pessoas mais próximas - afirma.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL 05/08/2018Camile Franzoi adotou Pedro (hoje com dois anos) quando ele tinha 14 dias. Ela conseguiu produzir leite naturalmente e defende a amamentação como uma importante etapa da criação de filhos. Camile foi uma das participantes do Mamaço, realizado no dia 5 de agosto de 2018 em Caxias. (Felipe Nyland/Agência RBS)
Camile Franzoi adotou Pedro quando a criança tinha 14 dias e conseguiu produzir leite naturalmente. Hoje, ela participa de eventos voltados à defesa da importância do aleitamento maternoFoto: Felipe Nyland / Agencia RBS

Já para Camile Franzoi,mãe de Pedro, hoje com dois anos, a importância da amamentação não só influencia no desenvolvimento saúdavel da criança, como também possui valor pela criação de elo emocional.

- Eu adotei o Pedro quando ele tinha 14 dias e produzi leite naturalmente. Foi mágico. Amamentar é a melhor coisa do mundo. A gente amamenta muito menos do que deveria e poderia. É fácil, é uma entrega. Esse tipo de evento é muito importante, as pessoas precisam ser conscientizadas - afirma.

Além do mamaço, foram realizadas outras atividades durante o evento como dança, brincadeiras com crianças e roda de conversa.

Confira a programação para o Mês da Amamentação em Caxias

Terça-feira (dia 7)
:: II Seminário Municipal do Aleitamento Materno que ocorre às 13h30min, no auditório do Bloco H, na UCS. Claudia Panno de Oliveira e Maira de Carli, pediatras; e Celina Valderez Feijó Khöler, representante da Rede Internacional em Defesa do Direito de Amamentar (IBFAN), serão as palestrantes. A participação no Seminário é gratuita, mas, para fins de organização e fornecimento posterior de certificado, é necessário se inscrever pelo link http://www.hgcs.com.br/capacitacoes.php.

:: De 1 a 31 de agosto, o Prataviera Shopping, juntamente com a Maternité - Assistência Materno Infantil, oferece a programação Agosto Dourado: amamentar é um ato de amor. No dia 15, uma capacitação de profissionais da área da saúde sobre aleitamento materno. A inscrição é leite, fraldas, bicos ou mamadeiras que serão doados para a Pastoral da Criança. No dia 18, ocorre um bate-papo com os Desafios da Amamentação com Maternité e profissionais convidados. Durante o evento, o público poderá tirar dúvidas no ambulatório de amamentação com profissionais de saúde. As orientações são gratuitas e ocorrem no terceiro andar do shopping. 

Leia também   
Conheça ações que ajudam mães a amamentar em Caxias 
14% das gestantes de Caxias não realizam todas as consultas necessárias no pré-natal
Postão de Caxias funciona com dois pediatras para atendimento neste fim de semana

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros