Escala de pediatras no Postão de Caxias voltará ao normal no fim de semana - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

SUS02/08/2018 | 17h40Atualizada em 02/08/2018 | 17h40

Escala de pediatras no Postão de Caxias voltará ao normal no fim de semana

Desde maio, houve falta de profissionais em praticamente todos os fins de semana

Escala de pediatras no Postão de Caxias voltará ao normal no fim de semana Porthus Junior/Agencia RBS
Postão 24 horas voltará a ter escalas completas de pediatria Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

 A escala completa de pediatras no Postão 24 horas de Caxias do Sul deverá ser normalizada neste fim de semana, após mais de dois meses com períodos de atendimento parcial. Desde o segundo fim de semana de maio, praticamente todos os fins de semana tiveram escala incompleta e ausência de pediatras em períodos de plantão. Com isso, toda a demanda se concentrava na UPA Zona Norte.

Leia mais:
"Irresponsável é ele", reage presidente do Conselho de Saúde à declaração de Daniel Guerra
Postão 24h de Caxias ficará sem pediatra pelo segundo final de semana seguido 

Conforme a Secretaria da Saúde de Caxias do Sul, apenas um especialista está em férias na primeira quinzena deste mês. Na segunda metade de julho, segundo a pasta, 10 dos 33 pediatras do município estavam de férias e outros quatro em licença, seja maternidade ou para tratamento de saúde. Agora, não há nenhum profissional em licença programada.

Com esse quadro, conforme a assessoria de imprensa da Secretaria, o atendimento pediátrico no Postão 24 horas deve ser restabelecido por completo já a partir desta sexta (3), a menos que ocorra alguma licença imprevista. 

A prefeitura atribui a falta de pediatras no quadro a aposentadorias e dificuldade de encontrar profissionais no mercado que desejem trabalhar no município, por conta da defasagem salarial. A administração municipal chegou a propor um plantão pediátrico centralizado em Caxias, a ser operado por uma instituição selecionada por meio de edital, a exemplo da UPA Zona Norte, mas a proposta foi rejeitada pelo Conselho Municipal da Saúde no dia 24 de julho. Na mesma sessão, o Sindicato dos Servidores Municipais (Sindiserv) propôs medidas de curto e médio prazo, entre elas um mutirão de profissionais com pagamento de horas extras, plantões mistos de pediatras e clínicos no Postão, e deslocamento de servidores em funções administrativas para o atendimento.

Leia também:
Recapeamento da RS-453, entre Farroupilha e Garibaldi, está prevista para começar na próxima semana
Caso Naiara: réu é recebido com xingamentos em Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros