Concurso público para mais de 100 vagas em Gramado deve ser lançado até o início do ano que vem - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Oportunidade14/08/2018 | 14h45Atualizada em 14/08/2018 | 14h45

Concurso público para mais de 100 vagas em Gramado deve ser lançado até o início do ano que vem

Provas serão para cargos da prefeitura, Câmara de Vereadores e Gramadotur

Concurso público para mais de 100 vagas em Gramado deve ser lançado até o início do ano que vem Caco Konzen/Especial
Concurso prevê 118 vagas de preenchimento imediato, além de cadastro reserva Foto: Caco Konzen / Especial

Um concurso público para o preenchimento imediato de pouco mais de 118 vagas em Gramado deve ser lançado até o início de 2019. A previsão é do secretário de Administração, Júlio Dorneles. Antes do lançamento do concurso, que terá provas para 83 cargos, tanto na prefeitura quanto na Câmara de Vereadores e na Gramadotur, será contratada uma empresa para fornecer a banca que irá aplicar e avaliar as provas. O edital para a seleção dessa empresa foi lançado na segunda-feira (13).

Dorneles calcula que, se não houver nenhum alongamento do processo por conta de recursos de empresas candidatas na Justiça, a seleção poderá ser concluída em meados de outubro. Mesmo assim, será necessário um período para que a banca selecionada organize e aplique as provas. Segundo o secretário, deverá ser avaliado, por exemplo, um período mais propício para que os candidatos possam se hospedar na rede hoteleira de Gramado, que atinge o pico em dezembro com o Natal Luz. Portanto, é possível que as provas fiquem para o início do ano que vem.

O maior número de vagas de preenchimento imediato - 109 - é no âmbito da prefeitura. Segundo Dorneles, a necessidade é por conta de aposentadorias que ocorrerão. O secretário também afirma que desde 2015 não há concurso, e diversos cargos têm sido preenchidos com contrato temporário desde então. 

O secretário de Administração afirma que, como se tratarão de reposições, não haverá um impacto significativo na folha de pagamento do Executivo, que hoje fica próxima dos R$ 6 milhões para 1,4 mil funcionários, entre concursados, temporários e cargos em comissão. Mas, conforme ele, o planejamento para o ano que vem já considera que haverá um aumento de 10% nesse valor, em virtude de alguns cargos que poderão ser ampliados na área da educação, com construção de novas escolas de educação infantil ou ampliação de vagas do ensino fundamental.

Leia também
Direção de escola de Caxias do Sul está sob investigação
Faltam poucos dias para a 38ª Noite Italiana de Antônio Prado
Morre jovem que foi atropelado em Flores da Cunha
Empresa quer oferecer "balcão completo" de cannabis medicinal no país

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros