Projeto costura travesseiros para crianças internadas no Hospital Geral em Caxias  - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Soninho do Bem 28/07/2018 | 09h00Atualizada em 28/07/2018 | 09h00

Projeto costura travesseiros para crianças internadas no Hospital Geral em Caxias 

35 travesseiros fofos e coloridos foram entregues aos pequenos que estão internados na ala pediátrica da instituição 

Projeto costura travesseiros para crianças internadas no Hospital Geral em Caxias  Lucas Amorelli/Agencia RBS
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Travesseiros coloridos, com carinha, braços, pernas e cheirinho fizeram a alegria de 35 crianças internadas na ala pediátrica do Hospital Geral (HG), em Caxias do Sul. Cada um dos pequenos foi presenteado com um Soninho do Bem, almofadinhas produzidas por integrantes da Associação de Dirigentes Cristãos de Empresas (ADCE). 

Batizado de Confraria do Bem, o projeto dá vida a peças que logo se tornam os melhores amigo da garotada. Vestidas com perucas coloridas, as mulheres passaram de quarto em quarto na tarde desta sexta-feira para presentear a todos. O resultado não poderia ser diferente: o mascote foi eleito como um companheiro pelas crianças e pelos pais. O novo amigo irá ajudar a enfrentar a dor e seguir o tratamento com mais alegria e vivacidade.

Wellington Ismael Ferraz da Silva, seis anos, está internado para um procedimento cirúrgico. Ele tem um tumor na cabeça e a cirurgia está marcada para este sábado. Sorridente e muito esperto, o menino não escondia a alegria com o presente.

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 27/07/2018 Entrega dos travesseiros do soninho do bem no Hospital Geral. Wellington Ismael Ferraz da Silva - 06 anos - primeiro (Lucas Amorelli/Agência RBS)
Wellington Ismael Ferraz da Silva escolheu o travesseiro xadrez para lhe fazer companhia nos dias que ficará internado Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

— Ele é meu amigo e vai dormir comigo —  disse, abraçando a almofadinha.

Ao ser perguntado do que gostou mais no novo amigo, sorriu e disparou:

— Escolhi esse porque ele é xadrez, olha! — encantou-se o menino. 

A mãe da criança, Carla Elisabete da Costa Ferraz, 28, emocionou-se enquanto observava o filho brincar. Ela agradeceu a iniciativa que alegrou a família em um momento de aflição.

— Meu filho vai se sentir aconchegado com o travesseirinho. Não podemos deitar na cama com ele, e o novo amigo irá fazer companhia pra ele durante a noite — disse.

CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 27/07/2018 Entrega dos travesseiros do soninho do bem no Hospital Geral. Mikael Biano Martins - bebezinho(Lucas Amorelli/Agência RBS)
Mikael Biano Martins, de um ano e nove meses, ficou encantado com o Soninho do Bem Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Mikael Biano Martins, de um ano e nove meses, observava atento a movimentação no quarto. O olhar encantado estava no travesseirinho que o menino da cama ao lado acabara de ganhar. Assim que colocou as mãozinhas no seu Soninho do Bem, abraçou-o e não soltou mais. 

CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 27/07/2018 Entrega dos travesseiros do soninho do bem no Hospital Geral. Anthony Joaquim Bitencourt Pegorini (Lucas Amorelli/Agência RBS)
Anthony Joaquim Bitencourt Pegorini brinca com o novo amigo Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Um ano mais velho, Anthony Joaquim Bitencourt Pegorini se assustou um pouco com a movimentação de pessoas no quarto onde se recupera de uma pneumonia. O susto deu lugar à alegria assim que a mãe, Janaína Bitencourt Pegorini, 23, começou a interagir com o pequeno. Para ela, o presente animou o dia do menino:

—  Eu trouxe brinquedos de casa mas ele não estava brincando. Estava deitado e quietinho, e com o travesseirinho ele se movimentou um pouco e começou a interagir e brincar. Foi muito bacana — emociona-se ela. 

Soninho do Bem nasceu em novembro de 2017 

As integrantes da Confraria do Bem se reúnem todas as terças-feiras para confeccionar os travesseiros. O grupo se encontra em uma na casa no bairro Bela Vista, cedida por Leomar Lazzarotto, que é irmão da idealizadora do projeto, Eliete Lazzarotto. As doações de máquinas, tecidos, fibras e a dedicação do grupo, que começou com seis mulheres e hoje conta com a ajuda de oito voluntárias, garantem a produção semanal de travesseirinhos. 

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 17/07/2018 - Voluntárias produzem travesseiros chamados de Soninho do Bem para entregar as crianças que estão internadas no HG. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)
Projeto Soninho do Bem nasceu em novembro de 2017 Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

A entrega aos pequenos depende do número de peças produzidas ao longo dos meses. A primeira foi em março, e a segunda, ontem. As habilidades de cada uma somam-se à  vontade de fazer o bem  ao próximo. Estilistas e costureiras voluntárias, que adoram um bom papo descontraído e cheio de alegria, unem-se para criar uma almofada diferente da outra e transformar um pouco a rotina que quem passa por momentos delicados. 

O projeto é inspirado no Naninhas do Bem, que começou em São Paulo e conquistou voluntários no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Eliete, que estava fazendo um curso de patchwork — técnica de costura com peças de tecido que cria desenhos geométricos —,  propôs à amiga Margarete Bortolin iniciar o desafio. 

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 17/07/2018 - Voluntárias produzem travesseiros chamados de Soninho do Bem para entregar as crianças que estão internadas no HG. NA FOTO: Gilde Forlin. (Marcelo Casagrande/Agência RBS)
Voluntárias se reúnem às terças-feiras para confeccionar travesseiros coloridos e fofos para entregar às crianças internadas no Hospital Geral Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Margarete conta que no inicio não compreendeu bem o que a amiga tinha em mente mas assim que viu o mascote, que é o primeiro travesseiro produzido pela Confraria do Bem, comprou a ideia de levar alegria às crianças doentes: 

— A ideia era que ele fosse um bichinho de pelúcia, fofinho e carinhoso. A última coisa que pensamos era que fosse um  travesseirinho, mas, aí, fomos agregando ideia e criando um amigo, meio abstrato, com os olhos diferentes um do outro, as  perninhas e bracinhos e as orelhas. É um companheiro que leva conforto e alegra os pequenos. Ele é colorido, divertido e é  aconchegante, como se a criança abraçasse e ele devolvesse o abraço. 

Atualmente, o Soninho do Bem é entregue apenas no HG, mas a Confraria do Bem tem planos de aumentar a produção para contemplar crianças internadas em outros hospitais ou ainda instituições como a Apae, casas lares ou outras entidades que acolham pequenos em vulnerabilidade social, e que abram às portas para receber carinho.

Todo material utilizado é doado por empresas que precisavam descartar as sobras que são reaproveitadas para enchimento de  almofadas. Todos os Soninhos do Bem tem cheirinhos  personalizados que foram desenvolvidos pela Divinitá Aromas. O grupo é formado ainda por Janete Buniatti, Iolanda Haas, Gilde Forlin, Inês Zorzin de Souza, Patrícia Tonieto e Joceli Pinheiro de Lima. 

COMO AJUDAR

Quem quiser colaborar com materiais, principalmente, tecidos coloridos, ou ser voluntário, pode entrar em contato com a Margarete pelo telefone (54) 99114.8462  ou pelo e-mail: margabortolini@hotmail.com.

Leia mais:
Monumento de 50 quilos é levado de praça de Caxias do Sul
Postão 24 Horas não terá atendimento pediátrico na noite de sábado
Buracos na BR-116, em Caxias, geram risco aos motoristas

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros