Professora da UCS é eleita presidente da Organização Internacional da Vinha e do Vinho - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Eleição06/07/2018 | 09h29Atualizada em 06/07/2018 | 09h37

Professora da UCS é eleita presidente da Organização Internacional da Vinha e do Vinho

Cargo será ocupado pelos próximos três anos

Professora da UCS é eleita presidente da Organização Internacional da Vinha e do Vinho Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

A professora da Universidade de Caxias do Sul (UCS) Regina Vanderlinde foi eleita presidente da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV). A eleição ocorreu na quinta-feira, em Paris. 

Regina ocupará o cargo máximo da OIV pelos próximos três anos. O órgão  atua em todos os domínios referentes à uva e ao vinho do mundo. Ela irá ser a sucessora da atual presidente Monika Christmann.

Moradora de Caxias há 20 anos, ela é doutora em Enologia pela Université de Bordeaux II (França) e em Farmácia e Bioquímica. Desde 2001, atua como delegada do Brasil na OIV e, em 2012, assumiu o posto de secretária científica da Subcomissão de Métodos e Análises, sendo a primeira brasileira a ter um cargo na organização. 

Leia também
Professora da UCS concorre à presidência da Organização Internacional da Vinha e do Vinho

Em entrevista ao Pioneiro em dezembro de 2017, quando foi indicada à eleição, Regina comentou sobre os benefícios que o cargo traria à Serra, caso fosse eleita:

— Com a divulgação do setor e dos produtos brasileiros. Pretendo ser a embaixadora do vinho brasileiro. Todas as atenções se voltariam para as vinícolas daqui. Temos condições técnicas para produzir e competir com qualquer outro país. Somos muito fortes na produção de vinhos e espumantes, temos produtos de alta qualidade — disse, à época. 

Leia também
Assaltos a ônibus em Caxias do Sul caem quase 40% no primeiro semestre

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros