Presidente do Conselho de Saúde é contra plantão com gestão compartilhada - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Pronto-atendimento pediátrico14/07/2018 | 09h57Atualizada em 14/07/2018 | 10h15

Presidente do Conselho de Saúde é contra plantão com gestão compartilhada

Fernanda Borckhardt acredita que é possível fortalecer a rede chamando novos concursados

Presidente do Conselho de Saúde é contra plantão com gestão compartilhada Daniela Fagundes/Divulgação
Nova composição do Conselho Municipal de Saúde. Da esquerda para a direita, Jocélia de Almeida, Tatiane Fiorio, Alexandre Almeida, Silvana Piroli (presidente do Sindiserv) e Fernanda Borckhardt (presidente do conselho) Foto: Daniela Fagundes / Divulgação

A discussão sobre a proposta do pronto-atendimento pediátrico será discutida em reunião com o Conselho de Saúde no dia 24 de julho. Conforme a presidente da entidade, Fernanda Borckhardt, a solicitação da prefeitura não especificava o tema que seria discutido. Ela diz que soube do novo projeto por meio da imprensa.

– Não há proposta, pelo menos pelo que ele (prefeito) anunciou. Ele precisa parar de brincar de fazer saúde, porque a situação está muito séria em Caxias, estão morrendo crianças – critica. 

Leia mais
Prefeito de Caxias quer novo plantão pediátrico na área central da cidade
Prefeito de Caxias do Sul leva conselheiros da Saúde para visitar UPA e Postão
Nova composição de Conselho de Saúde agrada opositores de terceirização de Postão de Caxias

Fernanda faz referência ao caso da morte de Teylor da Fonseca, 10 meses, que foi atendido no Postão e internado no Hospital Geral (HG), onde faleceu na madrugada de segunda. A família acredita que houve negligência no atendimento. O Conselho de Saúde solicitou informações à prefeitura sobre a falta de leitos de UTI pediátrica na cidade, razão que acredita que tenha contribuído para o falecimento da criança. 

– Na minha opinião, não é necessariamente pronto-atendimento pediátrico, que precisamos, mas de pediatras trabalhando nos que temos. Essa situação caótica está colaborando para que as crianças chegam no pronto-atendimento em estado grave. Se não tem atendimento no fim de semana, obviamente na segunda-feira estará lotado. Precisamos de atenção básica e, no outro lado, o leito de UTI – aponta a presidente. 

Para Fernanda, é possível fortalecer a rede chamando novos concursados, com uma valorização maior dos profissionais.  

–  Quando o prefeito pensa em terceirizar uma área, ele se está autointitulando incapaz de gerir aquela área – afirma.

Leia também
Homem é baleado dentro de lancheria durante tentativa de homicídio em Caxias
Câmara de Vereadores de Caxias vai doar carro à prefeitura
Veja quem os vereadores de Caxias do Sul apoiam para governador e presidente
Com temperaturas em elevação, final de semana terá mínima de 10°C 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros