Placa de bronze é furtada do monumento Gigia Bandera, em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Patrimônio23/07/2018 | 19h43Atualizada em 23/07/2018 | 19h51

Placa de bronze é furtada do monumento Gigia Bandera, em Caxias do Sul

Furto foi notado na sexta, ainda não há previsão para repor material

Placa de bronze é furtada do monumento Gigia Bandera, em Caxias do Sul Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Uma placa de bronze foi furtada do monumento Gigia Bandera _ Instinto Primeiro, que fica na praça Dante Alighieri, defronte à Casa da Cultura, em Caxias do Sul. Fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente notaram o furto na sexta-feira passada, e a prefeitura encaminhou o boletim de ocorrência na manhã desta segunda.

A escultura foi instalada na praça em 1996, para celebração do centenário da Metalúrgica Abramo Eberle S.A. Na placa, estava uma breve descrição de quem foi Luisa Eberle, a Gigia Bandera: "Símbolo da intrépida participação da mulher na geração e no progresso desta cidade, fonte inspiradora da industrialização do nordeste do Estado". 

Não há previsão para repor o material. Segundo a Secretaria de Cultura, furtos de itens de bronze em estátuas e monumentos têm se tornado comum. Por isso, a pasta faz um estudo técnico para identificar qual o material mais adequado para substituir o bronze na elaboração de novas placas. 

A ideia é que o material seja mais abrasivo, dificultando sua remoção e ação de vândalos, e menos valioso, o que deve contribuir para menos furtos.

 Leia também
Cerca de 40 livreiros estão aptos a participar da Feira do Livro de Caxias
Museóloga Tânia Tonet morre aos 69 anos 



 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros