Escola no loteamento Campos da Serra, em Caxias, depende de liberação de verbas federais - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Recursos públicos23/07/2018 | 13h32Atualizada em 23/07/2018 | 13h32

Escola no loteamento Campos da Serra, em Caxias, depende de liberação de verbas federais

Ministério das Cidades diz que avaliará até 16 de agosto projeto de construção do prédio

Escola no loteamento Campos da Serra, em Caxias, depende de liberação de verbas federais Andréia Copini/ Divulgação/
Últimas unidades habitacionais no loteamento Campos da Serra foram entregues em 2016 Foto: Andréia Copini/ Divulgação

Embora previsto no projeto que criou o loteamento Campos da Serra, o prédio de uma escola em tempo integral nesta área de vulnerabilidade social de Caxias do Sul ainda não saiu do papel. Há dois anos, foram entregues os últimos apartamentos para os moradores. O próprio site da prefeitura descreve que o loteamento conta com escola. Mas o atendimento a estudantes segue na Universidade de Caxias do Sul (UCS), em parceria com a administração municipal. 

Há meses, a reportagem de GaúchaZH tentava informações junto à prefeitura sobre o andamento do projeto. Porém, recebeu como resposta que não haveria pronunciamento sobre o assunto. Por isso, um pedido foi feito pela Lei de Acesso à Informação. Na resposta, a Secretaria Municipal da Educação diz que aguarda a liberação de verbas federais para a construção do prédio. Sem citar o valor da obra, afirma que a estimativa é que 65% sejam pagos com dinheiro da União e o restante pelo município. Em 2016, a prefeitura previa custo de R$ 5,5 milhões  para uma escola com capacidade para 500 alunos. 

O Ministério das Cidades, por meio de nota, diz que o município apresentou projeto para a construção de uma escola de ensino fundamental. Segundo o governo federal, a contratação da obra depende da análise de documentos apresentados pelo município e da verificação de critérios de prioridade. O prazo para que essa contratação ocorra é 16 de agosto. Ainda conforme o Ministério das Cidades, é nesse momento que será definido o valor do prédio. 

Leia também:
Abastecimento de água pode ser interrompido em quatro bairros de Caxias 
Museóloga Tânia Tonet morre aos 69 anos

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros