"Ele mandou a gente deitar no gramado do trevo", diz vítima de assalto a posto de combustível em Farroupilha - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Ocorrência28/07/2018 | 11h58Atualizada em 28/07/2018 | 14h05

"Ele mandou a gente deitar no gramado do trevo", diz vítima de assalto a posto de combustível em Farroupilha

Homens não conseguiram levar dinheiro do caixa eletrônico

"Ele mandou a gente deitar no gramado do trevo", diz vítima de assalto a posto de combustível em Farroupilha Lucas Amorelli/Agencia RBS
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

 A Brigada Militar e a Polícia Civil fazem diligências neste sábado para tentar localizar os criminosos responsáveis por explodir um caixa eletrônico em um posto de combustível no Km 116 da RSC-453, em Farroupilha, durante a madrugada. Até agora, três homens foram detidos e dois adolescentes apreendidos. Os homens trafegavam em um carro roubado durante a madrugada, e os adolescentes portavam uma moto também em ocorrência de roubo. A polícia verifica agora se há ligação entre os automóveis apreendidos com os usados no crime.

Leia mais:
Criminosos explodem caixa eletrônico em posto de combustíveis de Farroupilha

A madrugada de pânico para pelo menos dois motoristas e o vigia do posto de combustível começou próximo das 4h deste sábado. O vigia estava sozinho no posto, que estava fechado, quando foi surpreendido pelos homens que, segundo relato da gerência do estabelecimento, já chegaram atirando. O carro do homem, um Vectra que estava estacionado próximo dali, também foi atingido pelos tiros. O vigia se assustou com a ação dos homens e acabou fugindo para o matagal ao lado do posto, onde caiu e ficou ferido. Ele passou por atendimento no hospital São Carlos e o estado de saúde é estável. 

— Segundo o guarda me relatou, eles chegaram atirando e ele conseguiu fugir no mato. Atacaram pessoas na rua, ônibus na rua, e atiraram. Foi bem tenso, ele estava assustado — contou o gerente do posto, Gilnei Dornelles.

 FARROUPILHA, RS, BRASIL, 28/07/2018Carro queimado pelos criminosos que explodiram caixa eletrônico em Farroupilha. (Lucas Amorelli/Agência RBS)
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

O vigia relatou à gerência que eram cerca de dez homens que chegaram atirando. No entanto, testemunhas afirmam que se tratavam de cerca de cinco pessoas. Os criminosos chegaram em pelo menos dois carros. Enquanto parte deles focava na ação dentro da loja de conveniência, tentando explodir o caixa eletrônico do Banrisul, outros partiram para a abordagem dos motoristas. Sabe-se que pelo menos dois motoristas de carros e  de um ônibus foram abordados. As ordens de homens encapuzados eram que os condutores saíssem dos carros e deitassem no chão. Também tiveram que estacionar os automóveis na rodovia de forma oblíqua, impedindo o trânsito na pista. Os criminosos furaram os pneus do ônibus, que não tinha passageiros, levaram carteiras, celulares e atiraram chaves dos carros das vítimas no mato. Um destes condutores era um homem de 31 anos que seguia de Garibaldi a Caxias para trabalhar. Ele conduzia uma S10 quando foi surpreendido pelos tiros.

— A gente viu que o ônibus na nossa frente estava voltando de ré e logo ouviu tiros. Daqui a pouco, surgiu um cara correndo de capuz e mandou a gente enviesar a camionete na pista, e deitasse no gramado do trevo. A gente deixou e ficou ali — lembra o motorista.

Os homens conseguiram explodir o caixa eletrônico, mas não levaram dinheiro dele. Eles roubaram uma quantia pequena do caixa do posto de gasolina, bebida e outros itens, segundo a gerência. Na sequência, colocaram fogo em um dos carros que usaram para chegar ao local, uma Spacefox de Farroupilha, que estava em ocorrência de roubo. Na manhã deste sábado, guinchos removiam os carros e o ônibus cujos proprietários não localizaram as chaves para removê-los da pista.

A polícia segue com buscas na região.

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros