Réu é condenado por matar colega de moradia em 2005 em Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Crime07/06/2018 | 20h34Atualizada em 07/06/2018 | 20h34

Réu é condenado por matar colega de moradia em 2005 em Caxias do Sul

A sentença de seis anos de reclusão será cumprida, inicialmente, em regime semiaberto

Réu é condenado por matar colega de moradia em 2005 em Caxias do Sul Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Treze anos após o crime, Celso Henrique Almeida foi condenado por matar Moacir dos Santos em uma casa no bairro Salgado Filho. A sentença de seis anos de reclusão será cumprida, inicialmente, em regime semiaberto. A decisão ainda cabe recurso.

O assassinato ocorreu pouco antes da meia-noite do dia 18 de outubro na Rua José Scalabrin. A vítima e o réu moravam juntos e, conforme a investigação, a discussão teria iniciado quando Santos chegou embriagado em casa. Irritado, Almeida buscou uma arma no quarto e atirou contra a vítima. O acusado fugiu e Santos chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

Em depoimento durante o processo, o réu assumiu a autoria do disparo, mas justificou que ficou com medo que Santos lhe agredisse com uma faca que estava sobre a mesa. 

Mulher é absolvida por morte de marido

Em outro julgamento ocorrido na tarde da quinta, Inês Maria Stapassoli Piato foi absolvida da acusação de assassinato do marido Nei Luiz Piato. O caso ocorreu no dia 16 de abril de 2010. Em seu depoimento, a Inês Maria admitiu autoria dos fatos, mas afirmou não ter certeza do que aconteceu. Ela relatou que estava sentada na mesa da cozinha quando Piato lhe puxou pelo cabelo e que nesse momento provavelmente tenha atingido o ofendido com a faca que utilizava para descascar uma fruta. A ré ressaltava que não teve a intenção de machucar o marido. O casal, segundo Inês Maria e outras testemunhas, possuía histórico de embriaguez e agressões.

O pedido de absolvição partiu do Ministério Público e a tese de clemência foi acatada pelos jurados.

Leia também:
Mulher vai a júri por morte de marido em 2010 em Caxias do Sul
13 anos depois, homem será julgado pela morte de colega de moradia em Caxias

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros