Possível reajuste de mensalidade do curso de Medicina motiva protestos na Universidade de Caxias do Sul - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Ensino Superior14/06/2018 | 16h47Atualizada em 14/06/2018 | 17h07

Possível reajuste de mensalidade do curso de Medicina motiva protestos na Universidade de Caxias do Sul

Alunos dizem que valor da mensalidade na área de estágio em hospital passará de R$ 4 mil para R$ 12 mil

Possível reajuste de mensalidade do curso de Medicina motiva protestos na Universidade de Caxias do Sul Caroline Maslonek/Divulgação
Alunos se reuniram na frente do Bloco A Foto: Caroline Maslonek / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Estudantes do curso de Medicina da Universidade de Caxias do Sul (UCS) protestam nesta quinta-feira contra um possível reajuste das mensalidades que estaria programado para o segundo semestre deste ano. 

Segundo os manifestantes, o valor da mensalidade para cursar as disciplinas de internato (estágio em hospitais e ambulatórios) subirá de R$ 4 mil para R$ 12 mil. O grupo se reuniu na frente da reitoria da UCS, no Bloco A, e os líderes do movimento foram recebidos por representantes da instituição. Ali, conseguiram agendar uma reunião com a UCS para a próxima terça-feira, dia 19 de junho.

— Na reunião, disseram que vão fazer a proposta de redução desse valor _ diz a estudante Roberta Franca, uma das organizadoras do manifestação.

A universidade ainda não se manifestou publicamente a respeito do assunto.

Leia também
Energia elétrica para algumas comunidades de Caxias e região ainda não foi restabelecida
Obras da Havan em Caxias estão embargadas
Réu é julgado por homicídio que fez parte de guerra do tráfico em Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros