Parque Knorr é tombado pela prefeitura de Gramado - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

serra gaúcha07/06/2018 | 09h30Atualizada em 07/06/2018 | 09h30

Parque Knorr é tombado pela prefeitura de Gramado

Estrutura que abriga Aldeia do Papai Noel não poderá mais ter projetos que estavam previstos, como na área de hotelaria

Parque Knorr é tombado pela prefeitura de Gramado Leonid Streliaev/Divulgação
Estudo para o tombamento da área vem sendo feito desde o ano de 2017 Foto: Leonid Streliaev / Divulgação

Um dos pontos turísticos mais tracionais de Gramado foi tombado como patrimônio histórico pela prefeitura nesta terça-feira (5). O parque foi construído em 1940 e tem cerca de nove hectares. O espaço abriga, entre outras atrações, a Aldeia do Papai Noel. Com o tombamento, os proprietários, a Rede Tropical de Hotéis, não poderão construir nenhuma edificação dentro de toda a área tombada, segundo a prefeitura.

O estudo para o tombamento da área vem sendo feito desde o ano de 2017, com consultas ao Conselho de Proteção Histórico, Artístico e Cultural de Gramado, Ministério Público, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (IPHAE) e as Secretarias da Cultura e de Meio Ambiente.

De acordo com o prefeito João Alfredo Bertolucci, o Fedoca, projetos já estavam tramitando na prefeitura e estariam prevendo a desconfiguração do parque com edificações volumosas, projetos multifamiliares e grandes estabelecimentos hoteleiros.

— Seriam monstros de concreto que desconfigurariam o parque. Queremos que fique para contemplação, passeios, piqueniques — comenta. 

O prefeito acrescenta também que está negociando com investidores a preservação do Parque das Orquídeas, que fica nas proximidades do Parque Knorr. Os proprietários estão doando boa parte da área para o município e, em outra parte, vão construir.

A reportagem não localizou a Rede Tropical de Hotéis para comentar o assunto. 

Leia também:
Em agências de câmbio de Caxias, dólar já rompeu a barreira dos R$ 4Líder de governo de Caxias sugere dar "corretivo" a presidente de bairro com corte de verbas a comunidade
Vereador Elói Frizzo vai ocupar cargo no governo Sartori 
Vereadores de Bento entram com pedido de CPI para investigar suposto pagamento de propina
Aprovado projeto que flexibiliza distância a espaços de diversão noturna em Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros