Hospitais da Serra retomam cirurgias eletivas suspensas durante paralisação  - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Normalidade 05/06/2018 | 16h54Atualizada em 05/06/2018 | 16h54

Hospitais da Serra retomam cirurgias eletivas suspensas durante paralisação 

Pelo menos quatro instituições da região tiveram impactos nos procedimentos

Hospitais da Serra retomam cirurgias eletivas suspensas durante paralisação  Roni Rigon/Agencia RBS
Hospitais de Caxias, Bento e Vacaria retomaram o serviço Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

Quatro hospitais da Serra Gaúcha que suspenderam cirurgias para economizar materiais durante a greve dos caminhoneiros retomaram os procedimentos neste início de semana. No Hospital Geral de Caxias do Sul, o único com atendimento exclusivo pelo SUS na Serra, o serviço voltou a ser oferecido nesta terça-feira. 

Leia mais:
Por falta de material, Hospital Pompéia suspende cirurgias cardíacas eletivas em Caxias do Sul

A instituição não tem um levantamento de quantas cirurgias deixaram de ser feitas. Conforme o diretor do HG, Sandro Junqueira, a média é de 30 procedimentos por dia. A suspensão das cirurgias começou no dia 23. Agora, elas serão reagendadas. 

No Hospital Pompéia, também de Caxias, o serviço está normalizado. A instituição teve apenas um cancelamento de cirurgia cardíaca, que já foi reagendada. Segundo a superintendência, os insumos necessários chegaram no sábado.

Os hospitais Nossa Senhora da Oliveira, de Vacaria, e Tacchini de Bento Gonçalves, também retomaram as cirurgias. O número de cancelamentos não foram informados até 15h30min desta terça-feira. 

Leia também:
Policial da Serra é investigado por fornecer dados de vítimas de acidentes 
Vereadores de Bento entram com pedido de CPI para investigar suposto pagamento de propina

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros