Grupo Rodoviário de Farroupilha registra 20 mortes e 244 feridos em rodovias da Serra em 2018 - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Trânsito26/06/2018 | 18h19Atualizada em 26/06/2018 | 19h06

Grupo Rodoviário de Farroupilha registra 20 mortes e 244 feridos em rodovias da Serra em 2018

Como resposta, fiscalização contra excesso de velocidade será intensificada

Grupo Rodoviário de Farroupilha registra 20 mortes e 244 feridos em rodovias da Serra em 2018 Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Acidente fatal na ERS-122 ocorrido na última semana, em Caxias, teria sido causado por distração Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Em 2018, 20 pessoas morreram e outras 244 ficaram feridas em acidentes de trânsito na área de abrangência do Grupo Rodoviário da Brigada Militar de Farroupilha. A guarnição divulgou na tarde desta terça-feira um balanço com os números do primeiro semestre do ano. 

Leia mais
Motociclista morre em colisão envolvendo carro na ERS-122, em Antônio Prado
Distração com celular teria sido causa de acidente com morte em Caxias
Ao completar dez anos, Lei Seca impacta no comportamento de motoristas e reduz acidentes em Caxias

O Grupo Rodoviário fiscaliza estradas estaduais nos entornos de Bento Gonçalves, Farroupilha, Caxias do Sul, Flores da Cunha, Antônio Prado, Ipê, Garibaldi, Carlos Barbosa, Nova Pádua, entre outras cidades. Dentro da área de abrangência, estão trechos da ERS-122 e da RSC-453 (Rota do Sol), duas das principais rodovias da região. 

Conforme o comandante do Grupo Rodoviário de Farroupilha, tenente Marcelo Stassak, houve um aumento nas ocorrências graves em relação ao ano passado. Em 2017, no mesmo período, foram 11 óbitos e 165 acidentes com feridos. Por isso, a fiscalização contra o excesso de velocidade deve ser intensificada durante os próximos 30 dias. 

— A gente percebe um exagero das pessoas. Condutores passando a mais de 100 km/h em trechos com limite de 60 km/h. Vamos estar com três aparelhos (detectores de velocidade) trabalhando simultaneamente — aponta. 

Nesta terça-feira, a fiscalização já ocorreu em Antônio Prado, Caxias e Farroupilha. As ações contarão com o apoio da Brigada Militar de Bento Gonçalves. 

— A velocidade é o carro chefe, mas queremos chamar a atenção para as outras infrações. Quando há fiscalização, o condutor presta mais atenção na pista e deixa de se distrair com o celular, por exemplo, que é outro grande causador de acidentes — explica. 

OS NÚMEROS DE 2018

:: 143 acidentes com lesões corporais, com 244 pessoas feridas.
:: 18 acidentes com morte, com 20 vítimas.
:: 6.106 veículos fiscalizados, com 2.355 infrações.
:: 551 testes de etilômetro realizados, 34 infrações e seis presos.
:: 65 termos circunstanciados registrados.
:: 174 presos por ocorrências de transito e outros delitos. 

ONDE ATUA O GRUPO DE FARROUPILHA 

:: ERS: 122, 230, 437, 448, 455, 456.
:: RSC: 453.
:: VRS: 313 314 315 331 829, 834.

Leia também
Mãe e filha são assassinadas em Bento Gonçalves
Arnaldo Jabor palestra em Caxias do Sul em julho

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros