EGR abre licitação para a construção de alça ligando a RS-122 à Rota do Sol, em Caxias - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Demanda histórica07/06/2018 | 14h05Atualizada em 07/06/2018 | 14h05

EGR abre licitação para a construção de alça ligando a RS-122 à Rota do Sol, em Caxias

Via permitirá que motoristas sigam de Flores da Cunha para Farroupilha sem precisar fazer retorno

EGR abre licitação para a construção de alça ligando a RS-122 à Rota do Sol, em Caxias  Porthus Junior/Agencia RBS
Acesso atual exige que motoristas cruzem a rodovia, o que gera congestionamentos e risco de acidentes Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

A Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) já abriu processo para a contratação de uma empresa responsável pela construção de uma alça ligando a RS-122 ao trecho urbano da Rota do Sol, na zona norte de Caxias. O acesso ficará perto da Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) e vai permitir a troca direta de rodovias para os motoristas que seguem de Flores da Cunha para Farroupilha.

Atualmente, quem segue de Flores da Cunha para Farroupilha e Porto Alegre precisa passar por baixo do viaduto do trecho urbano da Rota do Sol, próximo à Codeca. Em seguida, é preciso contornar uma rotatória e acessar a Rota do Sol.

A manobra costuma gerar congestionamentos e risco de acidentes, já que muitas vezes motoristas que trafegam pela Rota do Sol precisam parar para que outros veículos acessem a rodovia. Com a alça, será possível sair da RS-122 e acessar diretamente a Rota do Sol.

Embora o projeto preveja que a via tenha apenas 668 metros, a construção era solicitada há muitos anos pelos moradores da Serra porque vai proporcionar mais segurança e fluidez ao trânsito da região. Entre os motivos para a demora nos últimos anos, estava a indefinição de quem seria responsável pela obra. A dúvida ocorria porque a RS-122 é administrada pela EGR neste trecho, enquanto a Rota do Sol é administrada pelo Daer. Como o Estado optou por deixar o projeto a cargo da EGR, a obra, orçada em R$ 1,8 milhão, também será paga com recursos da empresa.

— É um valor alto para nós, mas que é baixo em termos rodoviários. Por isso, o governo do Estado optou em fazer essa obra - revela o diretor técnico da EGR, Milton Cypel.

As propostas serão conhecidas na próxima terça-feira (12) e obra está prevista para ser concluída em três meses a partir da ordem de início.

Leia também
Vereador Chico Guerra comprova ameaças de presidente da Amob do Cânyon
União das Associações de Bairros de Caxias pede a cassação do vereador Chico Guerra
Parque Knorr é tombado pela prefeitura de Gramado

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros