Liminar proíbe manifestações que atrapalhem prestação de serviço à população de Caxias - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Greve31/05/2018 | 08h37Atualizada em 31/05/2018 | 13h48

Liminar proíbe manifestações que atrapalhem prestação de serviço à população de Caxias

Decisão foi assinada nesta quarta-feira e atende a uma ação da prefeitura

Liminar proíbe manifestações que atrapalhem prestação de serviço à população de Caxias Marco Matos / agência RBS/agência RBS
Na manhã de quarta-feira, manifestantes trancaram entrada da Visate impedindo a saída de ônibus do transporte coletivo urbano Foto: Marco Matos / agência RBS / agência RBS
Pioneiro
Pioneiro

A Justiça deferiu nesta quarta-feira uma liminar que impede manifestações grevistas que atrapalhem a prestação do serviço público à população. A decisão é da juíza Maria Aline Vieira Fonseca, da 2ª Vara Cível Especializada em Fazenda Pública e atende a uma ação da prefeitura de Caxias.  

Leia mais
De seis cidades da Serra, duas ainda não têm gasolina nos postos

A liminar determina a cessação, por qualquer manifestante, de atos que impeçam o tráfego dos ônibus coletivos, da prestação de serviços públicos de caráter essencial e do transporte regular de insumos diversos.

Conforme material enviado pela assessoria de imprensa da prefeitura, os cidadãos que tentarem impedir ônibus coletivos,  prestação de serviço público e transporte de alimentos, ração animal, gás, produtos químicos para tratamento de água, medicamentos, produtos de higiene e saúde destinados ao atendimento de serviços básicos do município estarão sob pena de intervenção policial.

Leia também
Sindigêneros prevê 30 dias para restabelecimento dos supermercados
Greve perde força, mas indústrias avaliam quando retomam as atividades na Serra
Brigada Militar não irá permitir bloqueio em postos de combustíveis de Caxias

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros