Com medo dos trovões, cachorro sobe em telhado e é resgatado por trabalhador em Caxias - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

São e salvo18/05/2018 | 17h23Atualizada em 18/05/2018 | 17h23

Com medo dos trovões, cachorro sobe em telhado e é resgatado por trabalhador em Caxias

Caso aconteceu na manhã desta sexta-feira, na Rua Tronca 

Com medo dos trovões, cachorro sobe em telhado e é resgatado por trabalhador em Caxias Janete Kriger/Divulgação
Thor é resgatado por trabalhador Foto: Janete Kriger / Divulgação

Thor costuma ficar, com os irmãos Zeus e Nina, em cima do telhado de casa, na Rua Tronca, no bairro Rio Branco, em Caxias do Sul. Mas, nesta sexta-feira, ele se meteu em uma enrascada. Assustado com os trovões da manhã, o cão, que estava na cobertura da residência, acabou indo para o telhado do Mercado Oriente, entre as ruas Marechal Floriano e Euclides da Cunha, e não conseguiu mais descer por causa da chuva forte. Aflitos com o sofrimento de Thor, os vizinhos até chamaram os bombeiros. 

— A sorte dele foi quando um caminhão, desses que tem um cesto aéreo, parou. O herói do dia foi o Marcos Paulo (um dos operadores do caminhão),  que, mesmo embaixo de chuva, se prontificou para tentar retirar o cão, que estava muito assustado. Foi uma tarefa difícil, mas Marcos Paulo conseguiu. Gesto querido e emocionante deste homem que não mediu esforços para ajudar — relatou a fotógrafa Janete Kriger em seu perfil no Facebook.

O cachorro Thor subiu no telhado de um mercado e não conseguia mais descer. Foi resgatado por um trabalhador. Foi na Rua Tronca, no bairro Rio Branco, em Caxias.
Thor aguardando socorro Foto: Janete Kriger / Divulgação

Janete acompanhou todo o resgate e compartilhou imagens na rede social. Com o cachorro são e salvo, ela foi ao encontro de Marcos Paulo para parabenizá-lo.

— Fiquei tão emocionada que fui abraçá-lo e ele ficou constrangido pois estava todo molhado — conta. 

Leia também
Discussões sobre projeto Maesa estão paradas há mais de seis meses em Caxias
Festa da Uva de Caxias do Sul pode ser anual, garante presidente Sandra Randon
Cerca de 25% da água retirada das barragens de Caxias do Sul são desperdiçados, estima Samae

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros