Caxias do Sul decreta situação de emergência - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Greve dos caminhoneiros28/05/2018 | 07h45Atualizada em 28/05/2018 | 10h59

Caxias do Sul decreta situação de emergência

Decisão foi tomada devido ao desabastecimento causado pelas paralisações

Caxias do Sul decreta situação de emergência Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Pioneiro

A exemplo dos municípios de Bento Gonçalves e Carlos Barbosa, o prefeito Daniel Guerra decretou na madrugada desta segunda-feira situação de emergência em Caxias do Sul. A decisão foi tomada devido ao desabastecimento causado pela greve dos caminhoneiros que já soma oito dias. O documento será publicado em edição extraordinária no Diário Oficial Eletrônico (DOE) por volta das 8h desta segunda-feira. 

Leia mais
Postos de Caxias devem receber 150 mil litros de gasolina nesta segunda-feira
Aulas nas escolas municipais serão suspensas a partir de terça-feira em Caxias
Universidade de Caxias do Sul suspende aulas nesta segunda-feira 

Em função da falta de combustível, alguns serviços públicos foram afetados, como a veiculação do transporte público coletivo e a coleta de lixo na cidade. Na noite de domingo, secretários municipais e presidentes de autarquias apresentaram as demandas e os serviços essenciais que devem ser mantidos à população. 

Conforme divulgado pela prefeitura, as escolas municipais terão aulas suspensas na terça, quarta e sexta-feira. Os dias letivos serão recuperados posteriormente. Para a Educação Infantil será negociado com as entidades que atuam na gestão compartilhada das unidades ainda nesta segunda-feira.

Na saúde, os atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS's) e no Centro Especializado em Saúde (CES) funcionam normalmente até quarta-feira. A partir de quinta, apenas os serviços de urgência e emergência seguirão funcionando em função do feriado.

A coleta de lixo ocorreu normalmente nesta segunda-feira. Ao longo dia, a prefeitura definirá como o serviço seguirá sendo prestado. A orientação é que as pessoas segurem os resíduos secos em casa até que o recolhimento seja normalizado.

No setor dos alimentos, as Feiras do Agricultor ocorrem normalmente dependendo apenas da possibilidade de deslocamento dos produtores participantes. 

O decreto prevê que o município pode requisitar propriedades e produtos necessários à prestação dos serviços públicos essenciais, tais como combustíveis, alimentos, insumos químicos para tratamento de água, medicamentos, produtos e insumos para a saúde, gás GLP, produtos de higiene e limpeza e ração animal.

Para os servidores, a prefeitura pode decretar ponto facultativo, férias coletivas ou feriado estendido, conforme a necessidade.

Leia mais
"Foi um homem de muita garra", resume filho de empresário assassinado neste sábado, em Caxias do Sul
Cerca de 145 mil romeiros passaram pelo santuário de Caravaggio, em Farroupilha

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros