Caminhões desrespeitam proibição de tráfego na RS-431 e polícia diz que vai intensificar fiscalização - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Trecho em obras na Serra11/05/2018 | 17h20Atualizada em 11/05/2018 | 17h20

Caminhões desrespeitam proibição de tráfego na RS-431 e polícia diz que vai intensificar fiscalização

Trânsito na rodovia entre Bento Gonçalves e Dois Lajeados não é permitido desde junho do ano passado quando a pista cedeu no quilômetro 12

Caminhões desrespeitam proibição de tráfego na RS-431 e polícia diz que vai intensificar fiscalização Divulgação/Daer
Obras em Monte Belo do Sul começaram em novembro do ano passado com previsão de durar seis meses Foto: Divulgação / Daer

Veículos pesados não estão respeitando a proibição de tráfego na RS-431, entre Bento Gonçalves e Dois Lajeados, expressa em placas antes do acesso à rodovia nos dois municípios. O trânsito de caminhões não é permitido desde junho do ano passado, quando a pista cedeu na altura do quilômetro 12, em Monte Belo do Sul. O trecho está em meia-pista para obras.

Na manhã desta sexta (11), ouvintes enviaram mensagens à Rádio Gaúcha Serra relatando o desrespeito de motoristas com a restrição estabelecida pelo Daer. O diretor do órgão, Rogério Uberti, explica que o trânsito não é permitido porque o tráfego de caminhões nos dois sentidos, em apenas um lado da pista no trecho em obras, provocaria uma sobrecarga na parte liberada para o tráfego.

Uberti diz que as obras de conserto no local estão levando mais tempo que o previsto devido à necessidade que foi constatada de se trazer rochas maiores para a base da rodovia, devido à pouca resistência do solo abaixo da pista, no ponto que cedeu. Ele estima que, até julho, os trabalhos estejam concluídos. O diretor afirma que vai reiterar pedido já feito ao Comando Rodoviário da Brigada Militar para que reforce a fiscalização no trecho.

O tenente Marcelo Stassak, comandante do Grupo Rodoviário da Brigada Militar de Farroupilha, diz que a fiscalização é feita, mas geralmente há maior presença de policiais em outras rodovias da região com maiores índices de tráfego e acidentes. Segundo ele, a partir desta sexta, a Serra receberá o pelotão de motos de Porto Alegre, que vai reforçar a fiscalização justamente nesta e em outras rodovias, como a RS-446, em Carlos Barbosa, a RS-444, no Vale dos Vinhedos, e a RS-122 nos trechos de Ipê, Antônio Prado e Flores da Cunha. O pelotão permanecerá na região ao longo do mês em função da movimentação esperada, incluindo a Romaria de Caravaggio.

O subprefeito do distrito de Faria Lemos, em Bento Gonçalves, Sérgio Gabrielli, confirma que muitos caminhões têm desrespeitado a sinalização. Ele comenta que a rodovia é utilizada para escoamento da produção de soja e outros cultivos de Guaporé, São Valentim do Sul e Serafina Corrêa, por exemplo. O desvio por Veranópolis, explica, acrescenta em cerca de uma hora o tempo de deslocamento. Outra alternativa, ainda mais longa, é via Lajeado.

 Leia também
Após furto de fiação elétrica, escola estadual retoma aulas em Caxias
Concurso público: prefeitura divulga horário e locais das provas em Caxias
Encontro das Tradições Italianas começa nesta sexta-feira, em Farroupilha 


-->
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros