Brigada Militar trabalha para liberar ainda nesta terça combustível que já chegou a Caxias - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Greve29/05/2018 | 10h32Atualizada em 29/05/2018 | 10h32

Brigada Militar trabalha para liberar ainda nesta terça combustível que já chegou a Caxias

Órgão irá negociar desbloqueio de saída de veículos de concessionária. Parte do combustível de cinco caminhões-tanque deve ser comercializada

Brigada Militar trabalha para liberar ainda nesta terça combustível que já chegou a Caxias Adriano Duarte/Agencia RBS
Manifestantes bloqueiam desde a manhã de segunda-feira (foto) saídas de concessionária Foto: Adriano Duarte / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

A Brigada Militar de Caxias trabalha no planejamento para liberação dos cinco caminhões-tanque retidos por manifestantes na concessionária Dipesul (Volvo), no bairro Santa  Lúcia, em Caxias do Sul. Se a operação for bem sucedida, a gasolina pode chegar aos consumidores em geral, mas logo deve se esgotar.

Durante a manhã desta terça-feira, a Brigada Militar se reúne com representantes de dois sindicatos que representam os postos de combustíveis para articular também medidas de segurança para a distribuição aos estabelecimentos da cidade. Participam da reunião com o comando regional da Brigada Militar o Sindicato das Distribuidoras de Combustíveis do RS (Sindisul) e o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, de Empresas de Garagem, Estacionamento, de Limpeza e Conservação de Veículos e Lojas de Conveniência de Caxias do Sul e Região (Sindipetro).

— A vinda do combustível de Canoas para cá está sendo negociada pelo Gabinete de Crise do governo do Estado. Vamos trabalhar para negociar a saída dos outros cinco caminhões-tanque que estão na concessionária da Volvo. Acredito que ainda hoje este combustível chegue a alguns postos — afirma o tenente-coronel Jorge Emerson Ribas, comandante do 12º Batalhão de Polícia Montada (12º BPM).

Os cinco caminhões retidos na concessionária estão carregados com aproximadamente 150 mil litros de gasolina. Parte desse combustível deve ser destinada ao público em geral. A quantidade, porém, deve se esgotar rapidamente, já que poderia abastecer cerca de 3,7 mil tanques de automóveis. Ainda não há informação sobre quais postos vão receber esse combustível ou em que horário isso deve ocorrer, mas a previsão é que seja a partir da tarde desta terça.

Em Caxias, dois postos têm combustível, mas abastecem exclusivamente veículos oficiais e da prefeitura. No posto Rodeio, no bairro Santa Catarina, são abastecidos carros de órgãos públicos e ambulâncias. Apenas policiais fardados podem encher os tanques das viaturas. No posto SIM do bairro Cinquentenário, o abastecimento é exclusivo para veículos da prefeitura. 

Leia também:
Manifestantes continuam mobilizados  na frente de concessionária que guarda caminhões-tanque em Caxias
Posto de combustível do bairro Cinquentenário recebe gasolina, em Caxias do Sul
Visate recebe carga de diesel e pretende ampliar horários, em Caxias do Sul

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros