Parede de prédio incendiado em Caxias pode cair sobre casas - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Segurança27/04/2018 | 15h24Atualizada em 27/04/2018 | 15h24

Parede de prédio incendiado em Caxias pode cair sobre casas

Estrutura e residências seguem interditadas pelos bombeiros e prefeitura

Parede de prédio incendiado em Caxias pode cair sobre casas Divulgação/Corpo de Bombeiros
Parede lateral do prédio incendiado (ao fundo de tijolos) oferece risco de desabar Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros

Uma avaliação feita por engenheiro da Secretaria Municipal de Urbanismo aponta que uma parede do prédio incendiado na BR-116, no bairro Sagrada Família, em Caxias do Sul, no último dia 22, pode cair sobre as casas que ficam na Rua José Marquês. Além disso, a estrutura e as residências seguem interditadas também pelo Corpo de Bombeiros.

Segundo a Defesa Civil Municipal, será elaborado um laudo com o resultado da vistoria feita no local na última quarta-feira. Porém, já é possível dizer que há risco de queda de uma das paredes do prédio, exatamente a que faz divisa com os fundos das três moradias. Com isso, a prefeitura manteve a determinação de interdição aos locais.

 Leia mais:
"Peguei minha filha no colo e minha esposa e saímos", disse vizinho de prédio que incendiou em Caxias
Bombeiros combatem incêndio em loja de colchões de Caxias do Sul

Já os bombeiros, optaram por manter o isolamento depois que o Instituto-Geral de Perícias analisou o local do incêndio e liberou a estrutura para demolição.

Loja Jussara Colchões pegou fogo durante a madrugada na BR-116, no bairro Sagrada Família. Prédio, onde também funcionava sucata e academia, foi interditado
Chamas altas assustaram os moradores das redondezasFoto: Polícia Rodoviária Federal / Divulgação

O incêndio ocorreu pouco depois das 4h e consumiu a loja de colchões Jussara Casa e Colchões, que ficava no lugar. Um desmanche e comércio de peças usadas e uma academia que ficavam no memso edifício também foram atingidos. Apesar de as chamas teriam sido contidas pelos bombeiros antes de chegarem aos imóveis vizinhos, a casa de alvenaria que faz divisa com o prédio, teve vidros estourados e apresentava grandes rachaduras nas paredes. A família se alojou na casa de parentes.

Leia também:
Fiscalização será reforçada nas rodovias da Serra no feriadão
Mesmo sem frio, feriado com festas movimenta rede hoteleira da Serra

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros