Inaugurada há dois anos, Cidade das Rolhas, em Caxias, tem infiltrações e equipamentos estragados - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Aguardando reforma06/04/2018 | 14h58

Inaugurada há dois anos, Cidade das Rolhas, em Caxias, tem infiltrações e equipamentos estragados

Enquanto empresa não viabiliza reparos, atração dos Pavilhões da Festa da Uva fica sem efeitos de luz e som

Inaugurada há dois anos, Cidade das Rolhas, em Caxias, tem infiltrações e equipamentos estragados Luana Binotti/Divulgação
Espaço foi inaugurado para a Festa da Uva de 2016 Foto: Luana Binotti / Divulgação

O espaço Cidade das Rolhas, no pavilhões da Festa da Uva em Caxias do Sul, está com o funcionamento prejudicado devido a infiltrações e equipamentos eletrônicos estragados. O prédio foi inaugurado no dia 16 de fevereiro de 2016, dois dias antes da Festa da Uva daquele ano.

De acordo com a diretora administrativo-financeira da Festa da Uva SA, Marta Schramm, o piso do complexo, feito de tijolo, foi assentado diretamente sobre a terra, sem que tenha havido impermeabilização. Dessa forma, o prédio começou a sofrer infiltração. A umidade também acabou danificando os equipamentos eletrônicos que fazem a ambientação de som, luz e movimento das peças de rolha.

A direção da empresa está encaminhando orçamentos para corrigir o problema do piso e consertar os equipamentos. Como ainda está em avaliação, não há estimativa de quanto vão custar os reparos.

— Estamos vendo se tem que trocar o piso ou colocar uma impermeabilização por cima ou por baixo. Nossa intenção é fazer o mesmo tipo de piso, mas dependemos de avaliação de técnicos. Como tudo aqui é muito grande, cada melhoria e cada reforma tem valores altos — afirma Marta.

Os reparos fazem parte do pacote de obras que a Festa da Uva SA pretende realizar até a próxima edição do evento, no ano que vem. Para isso, a empresa ainda aguarda o aporte de R$ 1,5 milhão por parte do município por meio do aumento da participação no capital social. O repasse foi aprovado pela Câmara de Vereadores em 1º de março, mas ainda depende de trâmites internos na prefeitura.

Enquanto as reformas não são realizadas, a Cidade das Rolhas está aberta ao público, mas os efeitos de som e luz estão desativados. A atração ficava em Ana Rech, mas foi comprada pelo município porque a família do criador não teria condições de manter a estrutura.

Leia também:
Dutos por onde passam cabos de iluminação são concretados na Praça do Trem, em Caxias do Sul 


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros