Preso suspeito de matar homem a pedrada em Caxias  - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Investigação08/03/2018 | 12h14Atualizada em 08/03/2018 | 17h04

Preso suspeito de matar homem a pedrada em Caxias 

Suposto autor de crime também é investigado por tentar matar outro homem

Preso suspeito de matar homem a pedrada em Caxias  Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação / Polícia Civil
Pioneiro
Pioneiro

Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de Caxias do Sul prenderam preventivamente, na manhã desta quinta-feira, Jonas Isaías Pereira Reis, 19 anos. Ele é suspeito de ter tentado matar Moises Giani Ferreira de Souza, 34, a golpes de faca no último dia 18, e de ter assassinado Sandro Lourenço Fiuza, 38, a pedradas no início de fevereiro. Ambos os crimes ocorreram na rua General Sampaio, no bairro Rio Branco.

Segundo o delegado Rodrigo Kegler Duarte, titular da Delegacia de Homicídios, Reis teria efetuado os golpes de faca sofridos por Souza, que foi levado ao Hospital Pompéia. As investigações apontaram que o motivo teria sido uma possível tentativa de agressão de Souza contra a companheira do agressor.

Leia mais:
Morto por tijolada na cabeça é sepultado em Caxias do Sul

Reis ainda é investigado como sendo o autor do homicídio de Fiuza morto em decorrência dos golpes desferidos na cabeça dele com uma pedra na manhã do dia 11 de fevereiro na mesma rua. À época, Fiuza foi levado com vida, mas inconsciente, ao hospital Pompeia, onde morreu dois dias depois. O motivo desse crime, segundo o delegado, teria sido uma desavença entre autor e vítima, que acabou evoluindo para a agressão física. Ainda conforme a investigação, mesmo com a vítima já inconsciente, Reis teria seguido com as agressões.

Reis tem antecedentes por ameaça, posse ilegal de arma de fogo e cárcere privado em ocorrência de violência doméstica. Após os procedimentos legais, Reis seria encaminhado ao sistema penitenciário.

Leia também:
Polícia tenta desvendar assalto em mansão em Flores da Cunha
Aumento no número de presos monitorados depende de criação de central na Serra 
Carlos Barbosa, Farroupilha e Gramado têm iniciativas para combater violência contra mulher

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros