Prefeitura de Bento estuda uso de sistema que permite compartilhar carros oficiais - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Semelhante ao Uber19/03/2018 | 15h37Atualizada em 19/03/2018 | 15h37

Prefeitura de Bento estuda uso de sistema que permite compartilhar carros oficiais

Aplicativo possibilitará o controle em tempo real do trajeto realizado pelos veículos da frota municipal

Prefeitura de Bento estuda uso de sistema que permite compartilhar carros oficiais Roni Rigon/Agencia RBS
Prefeitura avalia que sistema possibilitará redução de custos com viagens da frota do município Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

A prefeitura de Bento Gonçalves estuda a adoção de um aplicativo para a gestão da frota de veículos. O sistema, que tem um custo estimado de cerca de R$ 17 mil, substituiria o registro manual realizado pelos próprios motoristas. O município possui atualmente uma frota de cerca de 200 veículos.

O aplicativo funciona de forma semelhante aos sistemas de táxi e oferece o rastreamento em tempo real dos veículos, além relatórios de uso diário e a possibilidade de compartilhamentos de viagens para destinos semelhantes.  Essa ferramenta funcionaria de forma parecida com o Uber, diz o secretário Adjunto de Administração e Governo, Ivan Toniazzi.

Segundo ele, a troca tem o objetivo de reduzir o custo mensal da frota evitando viagens duplas, o uso de veículos fora do expediente e o desperdício de combustível. Além disso, possibilita avaliações constantes de desempenho dos condutores, necessidade manutenção e estado de conservação dos carros.

Em paralelo, a Secretaria de Administração e Governo também estuda o rastreamento dos veículos por satélite. A decisão sobre qual sistema será utilizado deve ser tomada em até 30 dias.

 Leia também:
Vídeo: chefe da Polícia Civil na Serra fala sobre força-tarefa em busca de menina desaparecida
Praça da Bandeira é depredada, em Flores da Cunha

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros