Praça do Trem, em Caxias do Sul, está sem iluminação há 20 dias - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Vandalismo13/03/2018 | 11h00Atualizada em 13/03/2018 | 11h00

Praça do Trem, em Caxias do Sul, está sem iluminação há 20 dias

 Prefeitura prevê normalização da luz no local entre o fim de março e o início de abril

Praça do Trem, em Caxias do Sul, está sem iluminação há 20 dias Roni Rigon/Agencia RBS
Prefeitura deve desembolsar R$ 5 mil em material para conserto Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

A Secretaria de Obras e Serviços Públicos constatou que a Praça do Trem, em Caxias do Sul, está às escuras por causa do vandalismo desde o dia 21 de fevereiro. Porém, o problema iniciou ainda na segunda-feira (19).  Os criminosos abriram uma caixa de inspeção e furtaram a fiação. Eles também quebraram o piso de concreto. A praça tem câmeras de vigilância, que registram apenas a movimentação ao vivo, sem gravação.

Leia mais
Guarda Municipal prende dupla por novo furto de fios na Praça do Trem
Praça do Trem, em Caxias, fica sem iluminação após furto de cabos de energia
Praça do Trem, em Caxias do Sul, é novamente atacada por vândalos 

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, um pedido de urgência foi solicitado e o material para que o conserto possa ser realizado deve chegar ainda essa semana.

Levando em conta a quantidade de fios de cobre e conectores furtados, a prefeitura terá que desembolsar R$ 5 mil apenas em material. A mão de obra deve levar pelo menos uma semana, porque a instalação está no subterrâneo, um local de difícil acesso e que necessita de fios mais grossos.

Segundo a prefeitura, a iluminação deve ser normalizada  entre o fim de março e o início de abril. De acordo com a Secretaria de Obras, o trabalho vai demandar pelo menos cinco dias e, com isso, outros pedidos não poderão ser atendidos. Assim, a estimativa é que 150 solicitações deixem de receber atenção. 

No final do ano passado, o Museu da Casa de Pedra ficou 54 dias fechado devido ao furto de cabos de energia.  A fiação aérea deverá ter a altura aumentada para evitar que criminosos alcancem.

A prefeitura também promete concretar caixas de inspeção para evitar os ataques, mas aponta que a manutenção será dificultada. 

Leia mais:
Investigação sobre criança desaparecida em Caxias do Sul ainda é cercada de mistérios
Menina que desapareceu em Caxias estava sozinha no trajeto à escola
Polícias civis de Vacaria e Caxias do Sul intensificam buscas por criança desaparecida

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros