Polícia faz busca e apreensão em loja que vendia celulares com preço abaixo do mercado em Caxias - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Operação13/03/2018 | 15h12Atualizada em 13/03/2018 | 15h29

Polícia faz busca e apreensão em loja que vendia celulares com preço abaixo do mercado em Caxias

Documentos, computadores, celulares e outros itens foram apreendidos

Polícia faz busca e apreensão em loja que vendia celulares com preço abaixo do mercado em Caxias Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Agentes da Polícia Civil de Caxias do Sul cumpriram mandado de busca e apreensão na loja Z&M Celulares nesta terça-feira. Documentos, computadores, celulares e outros itens que estavam na loja foram apreendidos e o conteúdo será analisado para buscar informações sobre uma possível fraude, segundo o titular do 1º Distrito Policial (1º DP), Vitor Carnaúba. 

Leia mais:
Loja que vende celular com preço abaixo do mercado é investigada em Caxias do Sul
Saiba qual a justificativa de loja que vendeu e não entregou celulares em Caxias do Sul
iPhones vendidos por loja de Caxias do Sul custavam menos que a metade do preço

Com grande número de aparelhos vendidos a preços bem abaixo do mercado e atraso nas entregas, agora a loja está sendo alvo de reclamações de dezenas de clientes que estão revoltados com a demora e falta de retorno sobre a compra. Detalhe: todos pagaram pelos iPhones de forma antecipada. O Procon, a Polícia Civil e o Ministério Público (MP) investigam o caso.

Conforme a promotora de Justiça Janaína De Carli dos Santos, o Procon encaminhou uma representação ao MP ainda em fevereiro com denúncias de clientes. O MP, então, notificou o estabelecimento para prestar informações.

— O prazo se encerrou ontem (segunda-feira) e não recebemos nada. Então, agora analisaremos o que será feito — afirma a promotora.

Na tarde da última quinta-feira, a Brigada Militar também foi chamada para tentar acalmar os ânimos entre clientes e representantes da loja. Na sequência, ao menos 10 consumidores foram até o plantão da Delegacia de Polícia registrar ocorrência. 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros