Páscoa em Gramado pretende ter mais investimentos em decoração - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Turismo do chocolate06/03/2018 | 13h46Atualizada em 06/03/2018 | 13h46

Páscoa em Gramado pretende ter mais investimentos em decoração

De um total de R$ 800 mil, R$ 360 mil serão para enfeitar a cidade

Páscoa em Gramado pretende ter mais investimentos em decoração Anderson Fetter/Agencia RBS
Nove fabricantes de chocolate da cidade devem participar da programação Foto: Anderson Fetter / Agencia RBS

 A Páscoa em Gramado foi lançada oficialmente nesta terça-feira com a montagem da decoração nas ruas. A programação será realizada de 16 de março a 8 de abril. Além de maior tempo para a enfeitar a cidade, Edson Néspolo, presidente da GramadoTur, autarquia que organiza o evento, destaca o maior investimento. De um total de R$ 800 mil, R$ 360 mil serão para a decoração, conforme Néspolo. São cerca de R$ 500 mil reais da promotora e outros R$ 300 mil que serão captados com patrocinadores.

Pensado pela decoradora Cláudia Peressoni, o cenário deste ano faz referência a temática "O Doce Sabor de Gramado" e vai buscar resgata a Páscoa tradicional e familiar, com destaque para a representação nas rótulas da cidade.

Nesta edição, a programação se estende por uma semana após a Páscoa, seguindo o modelo de sucesso do próprio Natal Luz, organizado pela GramadoTur e que perdura até meados de janeiro. Também é uma oportunidade para aproveitar descontos das sobras de produção de chocolateiros. Segundo a Associação das Indústrias de Chocolate de Gramado (Achoco), nove entidades vão participar.

Entre os destaques da programação, estão as paradas de Páscoa que ocorrem nos fins de semana nas ruas centrais. O artista caxiense Davi de Souza será o responsável pela direção artística. O Gramado Aleluia, com as Procissões de Ramos de Passos, e apresentações artísticas na Rua Coberta de quinta a domingo, também são tradicionais na Páscoa de Gramado.

 Leia também
Relembre os principais fatos do processo de impeachment do prefeito de Caxias do Sul desde o acolhimento pela Câmara
O que vem após o depoimento do prefeito de Caxias do Sul
Prefeito de Caxias não comparecerá a depoimento do processo de impeachment na Câmara de Vereadores 

!-- contentFrom:cms -->
 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros