Farroupilha busca cofinanciamento para pronto atendimento do Hospital São Carlos - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Saúde08/03/2018 | 16h15Atualizada em 08/03/2018 | 16h15

Farroupilha busca cofinanciamento para pronto atendimento do Hospital São Carlos

Sugestão é que outros municípios colaborem financeiramente para a manutenção do serviço

Farroupilha busca cofinanciamento para pronto atendimento do Hospital São Carlos Roni Rigon/Agencia RBS
Como o hospital enfrenta uma grave crise financeira, a tentativa é ampliar os serviços e buscar novas fontes de recursos Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

 Representantes do Hospital São Carlos e da prefeitura de Farroupilha participam de uma série de reuniões com gestores de outros municípios para pedir o cofinanciamento do pronto atendimento da instituição. Além de Farroupilha, outros 11 municípios têm o hospital como referência para esse serviço. Hoje, apenas a cidade que sedia o São Carlos repassa recursos para a manutenção dos atendimentos de urgência e emergência.

Leia mais:
Verba estadual para operação do SAMU no hospital de Farroupilha continua atrasada
Com a primeira parcela do 13º garantido, funcionários do Hospital São Carlos de Farroupilha não aderem à greve

O valor solicitado às demais prefeituras ainda não é divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde de Farroupilha. Segundo a secretária Rosane Da Rosa, a ideia é estabelecer o preço de acordo com a população de cada município. A secretária explica que o hospital é o único do Estado que não recebe recursos estaduais ou da União para a porta de entrada.

A ideia é fazer um consórcio entre os municípios. Diante da recepção positiva dos oito municípios já visitados, a secretária estima que a destinação de valores para o São Carlos possa começar em 60 dias.

Nas reuniões, os municípios também recebem a proposta de utilizar a estrutura do São Carlos para oferecer cirurgias eletivas. Como o hospital enfrenta uma grave crise financeira, a tentativa é ampliar os serviços e buscar novas fontes de recursos para garantir o funcionamento.

O hospital é referência no pronto atendimento para Farroupilha, Bom Princípio, Feliz, Alto Feliz, São Vendelino, Vale Real, Antônio Prado, Flores da Cunha, São Marcos, Nova Roma do Sul, Nova Pádua e Ipê.

 Leia também:
'Monitoramento é boa opção ao sistema tradicional do semiaberto', opina agente da Susepe
Promotor de Caxias do Sul aponta que substituição do semiaberto por tornozeleiras é uma solução ilegal   


 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros