"Ele fez tudo para que Caxias fosse a melhor possível", diz governador do RS - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Adeus ao Grande Homem05/03/2018 | 15h34Atualizada em 05/03/2018 | 15h48

"Ele fez tudo para que Caxias fosse a melhor possível", diz governador do RS

 José Ivo Sartori esteve no velório de Raul Randon na manhã desta segunda-feira (5).

"Ele fez tudo para que Caxias fosse a melhor possível", diz governador do RS Roni Rigon/Agencia RBS
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

Diversas personalidades da política regional participaram do velório de Raul Randon nesta segunda-feira (5), na Igreja de São Pelegrino, em Caxias do Sul. Por volta das 11h, o governador do Rio Grande do Sul José Ivo Sartori (PMDB) chegou ao município para participar da parte final da cerimônia e cumprimentar a família do empresário.

 Leia mais
Morre Raul Randon, fundador das Empresas Randon
Coração frágil e complicações de cirurgia causaram a morte de Raul Randon
Mais de 2 mil pessoas já passaram pelo velório do empresário Raul Randon
Legado Randon é um dos motores da economia
Gratidão, Raul Anselmo Randon!
"Ele foi o marco divisor da nossa cidade", comenta presidente da CIC sobre Raul Randon
"Raul Randon construía homens", lembra Emílio Finger
"Levou o nome de Caxias para o mundo", diz o prefeito Daniel Guerra  

O governador relata que conheceu a empresa quando chegou a Caxias do Sul, há 52 anos, e pôde presenciar o crescimento da companhia e conhecer o carater de seu Raul no processo.

— Era uma pessoa simples, com postura, tinha convicções e não tinha receio de demonstrá-las — define.

O governador também destaca a trajetória vitoriosa do empresário, que considera fundamental para o crescimento de Caxias.

— Ele fez uma caminhada foi extraordinária, se transforma num legado muito grande. O seu Raul era natural de Santa Catarina, mas acho que era um dos caxienses que mais adorava a sua terra e fez de tudo para que esse lugar fosse o melhor possível — aponta. 

Sartori cita ainda as iniciativas de seu Raul no campo social, que demonstram a visão de mundo do empresário. 

— Ele tinha uma compreensão da realidade social, via a transformação que precisava ocorrer. Eu desejo força para a família e todos aqueles que foram formados na "escola" da Randon, que guardem isso para suas vidas e façam o melhor possível. O exemplo ficou e vai permanecer. 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros