Como serão as cerimônias de despedida a Raul Randon nesta segunda-feira - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Adeus ao Grande Homem04/03/2018 | 20h05Atualizada em 05/03/2018 | 07h13

Como serão as cerimônias de despedida a Raul Randon nesta segunda-feira

Cremação deve ocorrer ao meio-dia, no Memorial Crematório São José

Como serão as cerimônias de despedida a Raul Randon nesta segunda-feira André Fiedler / Agência RBS/Agência RBS
Foto: André Fiedler / Agência RBS / Agência RBS

As cerimônias de despedida a Raul Randon, que morreu na noite do último sábado em São Paulo, devem encerrar na manhã desta segunda-feira. Até o fim da tarde de domingo, pelo menos 2 mil pessoas haviam prestado as últimas homenagens ao empresário no Memorial São José, em Caxias do Sul.

O velório segue até as 22h nas capelas e reabre ao público às 7h30min de segunda-feira, na Igreja São Pelegrino, onde ocorre a missa de corpo presente.  

A missa será celebrada às 10h, pelo bispo dom Alessandro Ruffinoni, por frei Jaime e outros padres. A cremação ocorrerá ao meio-dia, no Memorial Crematório São José. Segundo a funerária, a cerimônia será reservada à família.

Leia mais:
Morre Raul Randon, fundador das Empresas Randon
Coração frágil e complicações de cirurgia causaram a morte de Raul Randon
Mais de 2 mil pessoas já passaram pelo velório do empresário Raul Randon
Legado Randon é um dos motores da economia
Gratidão, Raul Anselmo Randon!
"Ele foi o marco divisor da nossa cidade", comenta presidente da CIC sobre Raul Randon
"Raul Randon construía homens", lembra Emílio Finger
"Levou o nome de Caxias para o mundo", diz o prefeito Daniel Guerra
"Um dos caxienses mais ilustres da história", diz nota da Câmara de Vereadores
"A última palavra ainda era dele", diz o amigo e ex-presidente da CIC
"Era ele que atendia o celular", lembra Germano Rigotto
"Era uma pessoa humilde em sua essência", diz Adelino Colombo
"Para ele, o ser humano estava em primeiro plano", diz funcionário
"Perdemos um ícone da indústria caxiense", lamenta Clóvis Tramontina
Governador José Ivo Sartori lamenta morte de Raul Randon
Senador Paim apresentará voto de pesar ao Senado 

Diversas homenagens ocorreram durante o domingo. No andar superior do local do velório, um memorial foi feito. Mais de 150 coroas de flores, enviadas por entidades de toda a região e até por amigos italianos, decoravam o ambiente. O cenário ainda apresentava fotos históricas e retratos que relembravam a trajetória do empresário.  

Empresas Randon alteram funcionamento em função das despedidas

Em função das cerimônias fúnebres, o expediente de domingo e desta segunda-feira (5) nas unidades do grupo sofreram alterações. A holding possuiu 7,8 mil funcionários. 

Os funcionários das empresas do site Interlagos do turno 3 (meia-noite às 7h12min) e os do site Forqueta do turno 3 (com expediente entre 0h23min e 6h) foram dispensandos neste domingo.

Na segunda-feira, não trabalharão os turnos 1 (das 7h12min às 17h)  do site Interlagos e o 1 (6h às 15h15min) e 4 (7h30min às 17h40min), do site Forqueta. A atividade fabril volta ao normal com o turno 2 (17h) na segunda-feira (5), no site Interlagos, e no turno 2 (15h15min), em Forqueta.

As unidades localizadas fora de Caxias do Sul terão funcionamento normal.

O corpo chegou na igreja San Pelegrino por volta das 6h30min.

Leia também:
Morte de Raul Randon repercute na Itália
Empresas Randon prestam homenagem ao fundador e mudam expediente de trabalho
Memória: o casamento de Raul Randon e dona Nilva em 1956 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros