Justiça nega pedido de município por suspensão de reintegração de médicos demitidos pela prefeitura de Caxias - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Despacho27/02/2018 | 19h54Atualizada em 27/02/2018 | 19h57

Justiça nega pedido de município por suspensão de reintegração de médicos demitidos pela prefeitura de Caxias

Três recursos do município foram indeferidos. Médicos seguem trabalhando normalmente

Justiça nega pedido de município por suspensão de reintegração de médicos demitidos pela prefeitura de Caxias greve dos médicos,greve 2017,saúde 2017,greve dos médicos caxienses 2017,ubs cinquentenário/Agencia RBS
Foto: greve dos médicos,greve 2017,saúde 2017,greve dos médicos caxienses 2017,ubs cinquentenário / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

O Tribunal de Justiça do Estado emitiu decisão na última segunda-feira indeferindo pedido do município pela suspensão da reintegração de três médicos que haviam sido demitidos por faltas injustificadas em razão da greve da categoria no ano passado em Caxias. Com isso, os servidores que voltaram a atuar no Sistema Único de Saúde (SUS) permanecem trabalhando. 

Leia mais:
Greve, demissões e reintegrações de médicos causam incerteza a quem depende do sistema público de saúde de Caxias

Outros recursos do município pedindo a cassação da reintegração de quatro médicos ainda seguem pendentes de decisão. 

Paralelamente, a representação jurídica dos servidores se articula para impetrar novos mandados de segurança pedindo a reintegração de seis médicos demitidos na última semana pela prefeitura.

Leia também:
Prefeitura de Caxias recebe cerca de 100 notificações por  mês por problemas em calçadas
Caxias tem 29 famílias atendidas na FAS após perdas em incêndios em seis meses

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros