Frei Jaime: acumule o que clareia a alma, ilumina o sorriso e perfuma a vida - Geral - Pioneiro

Vers?o mobile

 

Opinião02/02/2018 | 08h45Atualizada em 02/02/2018 | 08h45

Frei Jaime: acumule o que clareia a alma, ilumina o sorriso e perfuma a vida

É uma escolha que redimensionará os sentimentos, selecionará os pensamentos e deixará a vida mais leve, mais propensa à felicidade

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

 O ser humano naturalmente tende à acumulação. A facilidade em guardar muitas coisas é um traço praticamente comum. Diferentes óticas podem formular objeções e emitir diversas opiniões. Em algum momento da vida, porém, será necessário reavaliar o que foi acumulado e, talvez, desfazer-se de algumas coisas para não comprometer a leveza à qual a vida tanto aspira. Esse ímpeto de reter não diz respeito somente às coisas, mas também aos sentimentos. Os colecionadores de mágoas e ressentimentos são incontáveis. Há, inclusive, quem guarda ódio e ainda deseja ser feliz.

A saúde física, mental e emocional já se ressente e se manifesta, através de inúmeras doenças. Se for realmente difícil ficar sem acumular alguma coisa, que tal acúmulo seja afável, construtivo, edificante. Então, certamente faltará tempo para ser feliz. Que tal acumular o que clareia a alma, ilumina o sorriso e perfuma a vida? É uma escolha que redimensionará os sentimentos, selecionará os pensamentos e deixará a vida mais leve, mais propensa à felicidade. Com frequência as pessoas têm emitido opiniões quanto à realidade econômica, política e social.

Está um pouco difícil de encontrar alguém que seja otimista. Os pessimistas têm um enorme poder de arrebanhar adeptos, as pessoas comentam mais tragédias do que maravilhas. Através das palavras pode-se deduzir, um pouco, o que a grande maioria está acumulando no coração. Assim como faz muito bem reorganizar o roupeiro e desfazer-se do que não é mais usado, da mesma forma é significativo rever sentimentos, lembranças e posturas. Apesar de muitas coisas não estarem bem, ainda restam outras, em maior quantidade, que justificam a importância do sorriso, da esperança, da bondade e da solidariedade. Tem muitas pessoas 'perfumadas', circulando neste mundo que tem mais coisas boas do que menos boas. Vale a pena acumular tudo o que torna a vida melhor.

Leia também
Andrei Andrade: a empatia corre na contramão
Natalia Borges Polesso: acabou chorare
Marcos Kirst: Se vampiro, vampiro total

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros