Rede pública de Caxias inicia 2018 com falta de fraldas geriátricas - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Tamanhos P e G11/01/2018 | 13h49Atualizada em 11/01/2018 | 13h49

Rede pública de Caxias inicia 2018 com falta de fraldas geriátricas

Prefeitura diz que empresa contratada atrasou fornecimento

Rede pública de Caxias inicia 2018 com falta de fraldas geriátricas André Fiedler/Agência RBS; médicos, caxias do sul, greve
Foto: André Fiedler / Agência RBS; médicos, caxias do sul, greve

A demanda por fraldas geriátricas na rede pública de saúde de Caxias do Sul aumentou 140% ao longo de 2017 e o fornecimento segue enfrentando problemas neste início de ano, com falta dos tamanhos pequeno e grande. A Secretaria da Saúde diz que a empresa contratada está com a entrega atrasada em quase 20 dias.

No total, 768 pacientes estão cadastrados no serviço. Mensalmente, são 125 mil fraldas entregues na Farmácia Especializada. Em janeiro do ano passado, o total era de 52 mil. O aumento expressivo da demanda fez com que o produto faltasse em meados do ano passado e a prefeitura fez uma nova licitação para atender a demanda.

Conforme a diretora de Logística da Secretaria da Saúde, Mônica Menegat, a quantidade comprada por mês é suficiente para os cadastrados. Segundo a prefeitura, o problema está na empresa contratada, que recebeu o pagamento em 7 de dezembro de 2017 com prazo de entrega de 15 dias. Sem receber a maior parte da compra, a prefeitura vai multar o fornecedor. A multa prevista no edital é de 0,5% sobre o valor da parcela devida por dia de atraso.

A empresa informou à Secretaria da Saúde que pretende normalizar a entrega na segunda quinzena deste mês.  O município é responsável pelo cadastramento dos usuários, compra e distribuição das fraldas. Os recursos são repassados pelo governo estadual.

A retirada de fraldas na rede pública só é autorizada se médicos de postos de saúde verificam que o paciente precisa do produto. Depois, o usuário é encaminhado para a Farmácia Especializada, que faz a distribuição.

Leia mais
Uber diz que legislação de Caxias vai aumentar preço para os passageiros
Ministério da Saúde diz que não existe respaldo legal para doação de prédio da UPA de Farroupilha

contentFrom:cms -->
 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros