Memória: os destaques automotivos em 1993 - Geral - Pioneiro

Versão mobile

 

Carros09/01/2018 | 14h28Atualizada em 09/01/2018 | 14h28

Memória: os destaques automotivos em 1993

Em 6 de janeiro de 1993, o Pioneiro publicou as novidades do ano no mercado automobilístico

Memória: os destaques automotivos em 1993 Pioneiro/Reprodução
Foto: Pioneiro / Reprodução

O ano de 1993 foi de grande movimentação para a indústria automotiva. Entre os lançamentos da época, encontra-se a peculiar linha Personality 93 do Uno Mille, em que o comprador podia personalizar o veículo com várias opções de faixas decorativas. Esse toque individual na aparência externa do veículo sempre foi de desejo de muitos proprietários, tanto de modelos novos quanto usados. A concessionária que oferecia o serviço em Caxias do Sul, na época, era a Primorosa. 

Projetadas e produzidas pela famosa 3M do Brasil, com exclusividade para a Fiat, as faixas eram uma novidade no mercado, sobretudo por dar ao consumidor a sensação de individualidade que os carros decorados proporcionavam. Para isso, foram criados 10 diferentes tipos de grafismos, observando os estudos e tendências de cores e design em todo o mundo, cada um recebendo um nome diferente: Mistery, Mystic, Stormy, Active, Rash, Jolly, Flaming, Young, Sensitive e Turbulent. Os desenhos variavam do arrojado com cores destacadas até o mais discreto, passando também pelos esportivos e ecológicos.

Em todas as faixas, a palavra Mille, em letra manuscrita, era destacada e aplicada na lateral do carro com tanta perfeição, apesar da simplicidade, que poderia ser facilmente confundida com a pintura. As faixas autoadesivas eram fabricadas com película scothcal, material altamente resistente, o mesmo utilizado em modelos como o Uno 1.6 e a Pick-Up LX, ambos também da Fiat.

A iniciativa da Fiat, em tempos de grande inovação no mercado automobilístico, se deu principalmente em função do comportamento eclético do público na época.

Turismo e motocicleta

Os destaques do automóvel em 1993
Foto: Pioneiro / Reprodução

O setor de motocicletas também teve novidades em 1993. Um grande destaque foi o lançamento da Kahena LJ-16, a primeira motocicleta de turismo com alto nível de conforto e segurança. Na época, ela chegou ao mercado no valor de 10 mil dólares e foi especialmente destinada aos motociclistas em busca de status, conforto e personalidade. Uma peculiaridade do veículo era que, para funcionar, era necessário acionar a embreagem, mesmo em ponto morto.

Inovação da GM do Brasil

memoria, automovel, 1993
Foto: Reprodução / Pioneiro

Outra novidade da época foi o lançamento da linha 93 dos novos modelos de picapes Chevrolet. Conhecidas pela robustez, bom desempenho e durabilidade, as novidades incluíam as comerciais leves, com cabine simples ou dupla. 

As principais mudanças da linha estavam na estrutura do veículo. Praticamente toda a mecânica foi aperfeiçoada para tornar o carro mais confortável, ideal para passeios e ainda mais eficiente no transporte de cargas. Entre outras novidades, estavam o sistema de embreagem, antes feito por meio de cabos, pelo acionamento hidráulico, a nova posição de montagem dos motores diesel, álcool e gasolina – sendo deslocados 40 milímetros para frente e para cima – e o aperfeiçoamento da bactéria e de todo o sistema elétrico do veículo.

Na imagem acima, um exemplo do lançamento da linha 93, demonstrado em janeiro de 1992.

Confira outras publicações da coluna Memória

Leia antigos conteúdos do blog Memória 

 
 
 

Veja também

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros