Frei Jaime: a ternura será sempre o toque que fará a diferença - Geral - Pioneiro

Opinião12/01/2018 | 08h21

Frei Jaime: a ternura será sempre o toque que fará a diferença

Quando a ternura não for bem dosada, é fácil continuar sendo humano, mas sem a amabilidade própria de quem foi feito para viver o amor

Frei Jaime Bettega
Frei Jaime Bettega

jaime@ofmcaprs.org.br

 "Ternura não é racional, é o coração estendendo as mãos.” (Satbodhi Lisboa).

O encontro da racionalidade com a dimensão emocional é importante e necessária. O equilíbrio depende do compasso entre o coração e a razão. Estar em paz é o desejo mais profundo, esperança que se impõe a cada novo amanhecer. A humanidade tem facilidade de polarizar entendimentos e de expressar preferências. Por muito tempo, a racionalidade determinou posturas e definiu um conjunto de ações

 Os caminhos, atualmente, parecem estar sendo direcionados à síntese. Não se trata de exigir unanimidade, mas de viver de forma mais serena, equilibrada, sem tantos desconfortos. A ternura será sempre o toque que fará a diferença, protegerá a paz e permitirá sentimentos satisfatórios. É comum ouvir a expressão 'aquela pessoa não tem coração.' Quando a ternura não for bem dosada, é fácil continuar sendo humano, mas sem a amabilidade própria de quem foi feito para viver o amor. Porém, nada pode ser em excesso, caso contrário haverá desiquilíbrio.

É simplesmente fantástica a vida de quem vive dosando ternura e razão, nas devidas proporções. A valorização excessiva da razão torna a pessoa legalista, que passa a usar demasiadamente a expressão: ‘não pode.’ Por outro lado, a ternura sozinha também não leva a lugar nenhum, tendo facilidade de tudo emocionalizar. A defasagem de ternura tem hostilizados ambientes e relacionamentos. Há muita gente carente de um olhar, de um abraço, de um elogio. Para ser verdadeiramente humano é necessário ser terno. Que o coração possa estender suas mãos para harmonizar a existência.

Leia também
Gilmar Marcílio: quem cedo madruga
André Costantin: acampamento
Ciro Fabres: o vendedor de vassouras

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros