Caxias do Sul tem aumento de 50% nas mortes por atropelamentos - Geral - Pioneiro

Trânsito10/01/2018 | 09h01Atualizada em 10/01/2018 | 09h01

Caxias do Sul tem aumento de 50% nas mortes por atropelamentos

Comportamento dos pedestres é citado como a principal causa dos acidentes

Caxias do Sul tem aumento de 50% nas mortes por atropelamentos Porthus Junior/Agencia RBS
Ao menos 10 cruzamentos centrais receberam placas para conscientizar pedestres sobre o momento certo para atravessar a rua. Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

O aumento nos acidentes com vítimas fatais em estradas da Serra — que alcançou 156 vítimas em 2017, um crescimento de 15% em relação a 2016 — foi acompanhado de estatísticas ruins também na área urbana de Caxias do Sul. Em todo o ano passado, segundo levantamento da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade, houve um crescimento de 50% no número de mortes por atropelamento. Até dezembro de 2017, 16 pessoas morreram após serem atingidas por veículos. No mesmo período de 2016, foram oito pedestres. No total, as autoridades de trânsito contabilizaram 126 acidentes com pedestres até novembro (foram 121 no mesmo período de 2016).

Leia mais:
Acidentes com morte aumentam 15% em 2017 na Serra Gaúcha
Confira os 15 pontos de Caxias que concentram mais acidentes
Rótulas e cruzamentos são principais pontos de acidentes em Caxias

Na maioria dos casos, as vítimas atravessavam ruas e cruzamentos perigosos sem, ao menos, observar se a passagem era segura. O comportamento das pessoas, aliás, é citado como a principal causa dos acidentes. 

— Não há muito que se fazer, além da conscientização. Cansamos de ver pessoas atravessando uma rua sem esperar que o sinal fique vermelho para os carros. Tem horas que nem mesmo correr vai adiantar. É preciso, sim, utilizar a faixa de segurança, mas também é preciso ter certeza de que a travessia vai ser segura — avalia Carlos Beraldo, gerente da Escola Pública de Trânsito (EPT) e responsável pelo setor de estatísticas da Secretaria de Trânsito.

Para tentar desfazer este cenário trágico, a prefeitura deve concluir nesta semana a instalação de placas de sinalização para pedestres em 10 pontos da área central. Os cruzamentos da Rua Sinimbu com Moreira César, Marechal Floriano e Garibaldi foram os primeiros a contar com as novas placas. Outros sete cruzamentos considerados críticos em relação aos pedestres também devem receber os alertas.

As placas são fixadas junto aos semáforos e orientam para que a travessia seja feita apenas quando o equipamento indicar o sinal verde. Outro modelo instrui o pedestre sobre a utilização das botoneiras, instaladas em semáforos a fim de interromper o fluxo de veículos para a travessia. O ciclo de tempo dos semáforos reserva entre 12 e 15 segundos para os pedestres.

— Queremos que o pedestre saiba o momento correto para atravessar, que é no sinal verde indicado pelo semáforo. Fazer a travessia quando o sinal está vermelho para o pedestre, mesmo na faixa de pedestre, está errado — explica o secretário de Trânsito, Cristiano de Abreu Soares.

A nova sinalização também reforça para a importância dos pedestres utilizarem as botoeiras instaladas em alguns cruzamentos e a compreenderem o seu funcionamento, já que o equipamento tem a função de garantir uma travessia segura.

CRUZAMENTOS SINALIZADOS

Rua Sinimbu com:
- Moreira César
- Garibaldi
- Visconde de Pelotas
- Marechal Floriano
- Dr. Montaury

Rua Pinheiro Machado com:
-
Feijó Júnior
- Marechal Floriano
- Visconde de Pelotas
- Dr. Montaury

Rua Bento Gonçalves com:
-
Visconde de Pelotas

DICAS PARA PEDESTRES

:: Aperte a botoeira e aguarde o sinal ficar verde para o pedestre;
:: Antes de atravessar a rua, verifique se todos os veículos estão parados;
:: Procure a faixa de segurança em locais onde não há semáforos para pedestres;
:: Olhe para os dois lados, mesmo em vias de mão única;
:: Faça a travessia com calma, sem correr.

Leia também:
Lei dos transportes por aplicativos é sancionada em Caxias do Sul
Homem é indiciado por morte de morador de rua na Praça Dante, em Caxias

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros