Bloqueios no trânsito para estudo ambiental na Rota do Sol terminam na noite deste domingo - Geral - Pioneiro

Interrupções14/01/2018 | 10h36Atualizada em 14/01/2018 | 10h36

Bloqueios no trânsito para estudo ambiental na Rota do Sol terminam na noite deste domingo

Outras interrupções estão previstas ao longo dos próximos meses

Bloqueios no trânsito para estudo ambiental na Rota do Sol terminam na noite deste domingo Daer/Divulgação
Técnicos atuam na Rota do Sol Foto: Daer / Divulgação

A primeira etapa do estudo ambiental responsável pela interrupção de trânsito no trecho da Rota do Sol, em Itati, termina na noite deste domingo. Os quatro últimos bloqueios ocorrem entre 17h30min e 20h. Desde a última segunda-feira, oito bloqueios diários eram feitos no trecho, que é cercado pela Reserva Biológica Mata Paludosa, uma unidade de conservação estadual onde vivem espécies típicas. 

Leia mais
Daer diz que estudo ambiental na Rota do Sol precisa ser feito agora devido ao comportamento das espécies
Rota do Sol amarga pelo menos 140 mortes no trânsito na última década
Conheça melhor a Rota do Sol, rodovia que há 10 anos é a principal ligação entre Serra e Litoral

Em cada bloqueio, com duração média de 30 minutos, biólogos percorrem cerca de 500 metros da rodovia recolhendo animais mortos por atropelamento. A rodovia já teve interrupções entre os dias 13 e 19 de dezembro, e outras estão previstas ao longo dos próximos meses, inclusive no verão. 

Outro motivo que exige a realização da pesquisa nessa época do ano, segundo o Daer, é justamente a quantidade de veículos que passa pela rodovia. Os biólogos precisam contabilizar o fluxo para verificar a relação entre os veículos e os animais.

Armadilhas fotográficas e de capturas de animais também ajudam a identificar as espécies que vivem na região e como elas se deslocam pelas margens da rodovia. O levantamento vai permitir criar medidas que reduzam as mortes de animais no trecho. As ações podem ir desde a implantação de sinalização e redutores de velocidade à criação de pontos de travessia de animais. 

O estudo faz parte de um termo de compromisso assinado entre Daer e Ibama para reduzir os danos ambientais da Rota do Sol. Segundo o órgão estadual, caso o trabalho não seja realizado, a estrada pode perder a licença ambiental de operação, obtida no fim de 2014, e ser interditada.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros