Polícia aguarda relato de motorista para concluir inquérito de acidente com servidores públicos de Caxias  - Geral - Pioneiro

Caminhão desgovernado04/12/2017 | 17h38Atualizada em 04/12/2017 | 17h52

Polícia aguarda relato de motorista para concluir inquérito de acidente com servidores públicos de Caxias 

Um laudo pericial também será analisado pela Civil. Sexta, três pessoas morreram após veículo perder o controle em Santa Lúcia do Piaí 

Polícia aguarda relato de motorista para concluir inquérito de acidente com servidores públicos de Caxias  Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

O inquérito que investiga a morte de três servidores da prefeitura de Caxias do Sul ainda aguarda o resultado da perícia para dar andamento no processo. Além disso, a Delegacia de Trânsito também espera uma liberação médica para colher o depoimento do motorista, que segue hospitalizado e sem previsão de alta. Na última sexta-feira, o caminhão conduzido por Juraci Leite, 61 anos, se desgovernou numa estrada de chão no distrito de Santa Lúcia do Piaí, tombou e atropelou funcionários que recolhiam pedras da Estrada Municipal João Edgar Jung, na localidade de Linha Sebastopol, via que havia passado por uma manutenção. 

Leonardo Antonio Zanol, 46, e Gilnei Luiz Gueras, 51, morreram na hora. Já Luiz Antonio Frizzo, 60, chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital. O único servidor que saiu ileso do acidente, Raimundo Lazzarotto, 56, já foi ouvido pela delegada responsável pelo caso.

— A gente precisa aguardar a recuperação do motorista para escutá-lo. É preciso dar esse tempo para ele, até porque ele se machucou e perdeu colegas também. Estamos nos prazos e fazendo tudo o que é possível dentro das condições que temos. A situação é triste e delicada — explica Suely Rech.

Leia mais:
Resultado da consulta popular sobre novo presídio em Caxias será divulgado na quarta-feira
Casa é destruída em incêndio no Vila Ipê, em Caxias
Acidente deixa três feridos no bairro Santa Lúcia Cohab, em Caxias

A delegada acredita que, por ser um caso de forte comoção, o laudo da perícia deve sair nos próximos dias, mesmo com poucos peritos na cidade. Somente após este documento é que será possível avaliar se houve falha mecânica no veículo ou não.

— Se tiver dentro das condições da perícia, acredito que darão prioridade em finalizar esse laudo e nos repassar. A Polícia Civil também está empenhada em finalizar o mais rápido possível esse processo — afirma a Suely.

A prefeitura da cidade instaurou uma sindicância interna para identificar a causa do acidente. De acordo com o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Leandro Pavan, o caminhão-caçamba (ano 2006, marca Volkswagen, placa INK-1864) havia passado por uma inspeção do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) em novembro e estava apto a ser utilizado. Rastreadores que indicam, entre outras coisas, a velocidade do veículo, estão sendo analisados.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros