Cachorra da raça dálmata é recuperada em Caxias após ser furtada em São Marcos - Geral - Pioneiro

De volta para casa28/12/2017 | 19h08Atualizada em 28/12/2017 | 20h39

Cachorra da raça dálmata é recuperada em Caxias após ser furtada em São Marcos

Lara ficou desaparecida por duas semanas até ser localizada em um bar no bairro Fátima

Cachorra da raça dálmata é recuperada em Caxias após ser furtada em São Marcos Roni Rigon/Agencia RBS
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

— Não tem como não reconhecer, só ela tem essas três pintinhas entre os olhos —  afirma sorrindo a farmacêutica Flávia Fachini ao abraçar a cachorra da raça dálmata Lara, cinco meses, que havia sido furtada há duas semanas, em São Marcos.

Desde o dia 14 de dezembro, cartazes e postagens em redes sociais informaram a procura pela companheira da família. A mobilização gerou resultado: após denúncia, a Brigada Militar foi direcionada para uma residência no bairro Fátima, em Caxias do Sul, onde haveria uma cachorra com as mesmas características descritas.

Chegando ao local, na Rua Caetano Melo Filho, policiais da Companhia de Operações Especiais (COE) do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM) encontraram Lara em um pátio na frente de um bar.

— Chegamos lá e o proprietário do estabelecimento admitiu ter comprado o animal por R$ 300 de um cliente do bar, que alegou que não tinha mais espaço no pátio da casa e precisava de desfazer do bicho — informa o sargento que participou do resgate, Geovani Camargo.

Na delegacia, os donos de Lara, os irmãos Flávia Fachini e Fernando Fachini, sorriam aliviados.

— Quando meu irmão ligou eu só saí rápido do trabalho, sem pensar duas vezes e corri para cá (Plantão da Delegacia de Polícia de Caxias) — relata Flávia.

A farmacêutica informa que um vizinho havia visto o furto de Lara. Por meio de registros de uma câmera na mesma rua, foi possível identificar o modelo do carro do ladrão e repassar à polícia:

— Quando mostramos para a polícia, eles afirmaram que provavelmente os ladrões teriam vindo a Caxias. Quase perdemos a esperança naquele momento de encontrá-la, mas nosso esforço surtiu resultado — complementa.

No dia do furto, Lara havia fugido do canil quando ninguém estava em casa e teria ficado exposta no pátio da residência, que não tem cercamento, segundo Flávia. 

A polícia já tem informações sobre os autores do furto do cão. Os ladrões, no entanto, ainda não foram localizados.

Leia também:
Polícia Civil apreende grande quantia em dinheiro, drogas e armas em Caxias do Sul
Seleção de CCs do governo de Caxias do Sul oscila entre o discurso e a prática


 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros