UCSTV, em Caxias do Sul, encerra atividades em janeiro - Geral - Pioneiro

Sem verba13/11/2017 | 18h42Atualizada em 13/11/2017 | 19h28

UCSTV, em Caxias do Sul, encerra atividades em janeiro

Ao todo, 13 funcionários foram demitidos nesta segunda-feira

UCSTV, em Caxias do Sul, encerra atividades em janeiro Roni Rigon/Agencia RBS
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

A Universidade de Caxias do Sul anunciou nesta segunda-feira que, a partir de 31 de janeiro, fechará o sinal aberto da UCSTV, que neste ano completou duas décadas de existência. A decisão, conforme o conselho diretor da Fundação Universidade de Caxias do Sul (FUCS), foi motivada pela inviabilidade de investimentos na migração do sistema analógico para o digital: não há verba suficiente para a compra de todo o equipamento necessário.

Em nota divulgada pela assessoria de imprensa, a instituição afirma que foram levados em conta estudos realizados por uma comissão criada exclusivamente para analisar a situação. 

"Ela foi analisada e explorada de seus mínimos aos mais abrangentes itens. Partiu de uma pesquisa de audiência de TV aberta, passou por aprofundada avaliação do mercado regional _ com suas potencialidades _ e de tendências da comunicação", aponta a nota.

Leia mais:
Adutora em construção na Rota do Sol levará água para 60 mil pessoas, em Caxias
Sete escolas municipais serão fechadas em Farroupilha

Uma reunião na manhã desta terça-feira deve definir estratégias de transmissões. Porém, tudo indica que com a demissão de 13 funcionários, os programas produzidos pela emissora, que são transmitidos pelo canal 15 da NET e 27 na TV aberta, serão reprisados até o final de janeiro. O Rede de Olhares, carro-chefe da emissora, já possui edições inéditas gravadas, que agora podem ser veiculadas para atender a demanda de audiência. 

Para substituir a UCSTV, a instituição prepara a criação do UCS Play, canal exclusivamente transmitido pela internet: o modelo deve atender as necessidades da Fundação, além de favorecer maior interatividade acadêmica. O projeto, tratado como inovador pela UCS, usará uma plataforma de fácil acesso, mais adequado aos tempos de convergência tecnológica e de consumo por demanda, e de menor custo.

O Cetel (Centro de Teledifusão Educativa), utilizado por estudantes de Comunicação, permanece ativo com o UCS Play e as três emissoras de rádio UCSFM _ em Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Vacaria.

Fundada em 1997, a UCSTV tinha, desde 2011, uma parceria com o Canal Futura, produzindo programação local e também conteúdos de alcance nacional. A parceria, inclusive, possibilitou que a universidade e toda região de sua abrangência fosse conhecida em várias partes do país, com a produção e veiculação de reportagens e programas compartilhados com a rede Futura, acessível a mais de 70 milhões de espectadores. 

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros