Nasce o bebê de mulher que teve 50% do corpo queimado em Vacaria - Geral - Pioneiro

Violência09/11/2017 | 13h29Atualizada em 09/11/2017 | 17h03

Nasce o bebê de mulher que teve 50% do corpo queimado em Vacaria

Mãe e filho seguem internados no Hospital Nossa Senhora da Oliveira

A mulher de 36 anos que teve 50% do corpo queimado no início da manhã desta quarta-feira (8), em Vacaria, deu à luz a um menino. Ela estava grávida de oito meses. A cesária foi realizada no Hospital Nossa Senhora da Oliveira, do município. A mãe foi transferida na tarde desta quinta-feira para o  Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre . O bebê segue internado em Vacaria. O companheiro da mulher, de 31 anos, foi preso em flagrante, mas acabou liberado do presídio na tarde de quarta.

Leia mais:
Grávida de oito meses tem corpo queimado em Vacaria

Na primeira vez que foi ouvida, ainda na manhã de quarta, a mulher disse ao delegado plantonista que durante uma discussão, ela havia jogado álcool na cama e, depois, o companheiro jogou álcool nela. Como a briga prosseguiu, ela afirmou que pegou um isqueiro para atear fogo à cama e acabou se queimando. Mesmo assim, foi lavrado o flagrante por tentativa de homicídio. 

De acordo com o delegado do Posto da Mulher de Vacaria, Vítor Boff, antes da cesária, policiais ouviram a mulher, que afirmou que estava na cama quando o companheiro ateou fogo nela. Ainda conforme o delegado, o casal morava juntos há seis meses e não tinha histórico de violência doméstica. A investigação ainda está em andamento.

O homem não teve o flagrante homologado pela Justiça. O Hospital Nossa Senhora da Oliveira não informou o estado de saúde da mulher e do bebê.


 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros