Memória: a vida do italiano Gioachino Modena - Geral - Pioneiro

Trajetória28/11/2017 | 11h34Atualizada em 29/11/2017 | 09h36

Memória: a vida do italiano Gioachino Modena

Na foto principal, a celebração das bodas de prata de Luiz Modena, um dos filhos de Giacinto Modena

Memória: a vida do italiano Gioachino Modena Reprodução/Agencia RBS
Registro da comemoração das bodas de prata do casal Luiz Modena e Carolina Lissoni ao lado da família, em janeiro de 1950 Foto: Reprodução / Agencia RBS

Os primeiros imigrantes da família Modena saíram do Tirol, na Itália, com destino ao Campo dos Bugres, hoje cidade de Caxias do Sul. Após embarcarem em La Havre em 2 de abril de 1876, Gioachino Modena e sua família chegaram no Rio Grande do Sul para, no mês seguinte, instalarem-se na cidade de Feliz. Lá, passaram a morar em uma casa de imigração construída pelo governo. Depois, mudaram-se, enfim, para o Campo dos Bugres.

Segundo relatos de Mário Gardelin e Rovílio Costa, os italianos Giambattista Gregório, Stefano Agostino e Gioachino Modena, juntamente com suas famílias, estavam entre os imigrantes que chegaram no país em meados de 1880. 

Brasão da família Modena
Foto: Reprodução / Agencia RBS

No Brasil, Gioachino Modena casou-se com Teresa, com quem teve cinco filhos: Giacinto, Rosa, Girólamo, Josefina, Ida e Judith. O casal foi o primeiro da família a morar no Estado. Hoje, o patriarca e a matriarca somam descendentes por todo o território nacional. 

Na foto principal, a celebração das bodas de prata de Luiz Modena, um dos filhos de Giacinto Modena (sentado com barba e bigode branco no canto inferior direito). A foto, de meados dos anos 1950, reúne três gerações da família e foi tirada no Travessão Humberto, na casa de Giacinto. No topo, segurando dois foguetes e uma garrafa, está João Modena e, a seu lado, à direita, Amantino Modena. Abaixo deles, com as gaitas, Alcides e Pedro Modena. Bem ao centro, no alto, Joaquim Modena. À esquerda, encontra-se Honorato Scalia e Tereza, Aldino, Odila e Armindo Modena. Na ponta, à direita, Judite Modena (sentada) e Antonio José Peruchin (em pé). Por fim, os meninos Valdir e Octávio Modena (à frente).

Herança de gerações

Carolina Morateli e Girólamo Modena
Girólamo, filho de Gioachino Modena, e a esposaFoto: Acervo da família Modena / Divulgação

A família constituiu residência no Travessão Humberto, da 6ª légua, localidade do bairro Cruzeiro, que viria a ser conhecida por Vila Modena, devido à grande quantidade de moradores da família. Os Modena calçavam-se na fé e no trabalho como valores de vida. Logo quando chegaram no Estado, iniciaram-se no cultivo de videiras, envolvendo também os filhos e netos no negócio. Na família, o trabalho na agricultura acabou sendo passado de geração a geração, como herança daqueles tempos.

O dialeto italiano (talian) ainda é falado e cultivado entre os descendentes, assim como a culinária italiana e os jogos de mesa como a canastra e a escova. Atualmente, há membros da família Modena espalhados por Santa Catarina, São Paulo, Ceará e Mato Grosso. 

Confira outras publicações da coluna Memória

Leia antigos conteúdos do blog Memória 

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros