Após temporal, crianças atendidas em projeto social de Vacaria têm aulas suspensas - Geral - Pioneiro

Florescer17/11/2017 | 10h37Atualizada em 17/11/2017 | 10h37

Após temporal, crianças atendidas em projeto social de Vacaria têm aulas suspensas

Nenhuma criança ou funcionário estava no prédio no momento do temporal

Após temporal, crianças atendidas em projeto social de Vacaria têm aulas suspensas Adriane Oliveira Vargas / Divulgação/Divulgação
A ventania forte ocasionou estragos em pelo menos 30 pontos de Vacaria Foto: Adriane Oliveira Vargas / Divulgação / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Cerca de 180 crianças em situação de vulnerabilidade social beneficiadas pelo projeto Florescer, em Vacaria, estão com aulas suspensas. A ventania forte que ocasionou estragos em pelo menos 30 pontos de Vacaria também destelhou parte do prédio do antigo colégio Marista São Francisco, sede de um dos dois projetos Florescer que ocorrem na cidade.

Leia mais:
Ventania provoca destelhamentos em Vacaria

Nenhuma criança ou funcionário estava no prédio no momento do temporal. Adriane Oliveira Vargas, coordenadora do programa Florescer, diz que a equipe avalia os estragos e decidirá qual o melhor espaço para que o projeto seja retomado o quanto antes. 

_ Não tem previsão de retorno, mas faremos o possível para que seja rápido, porque são crianças em situação de vulnerabilidade, e que tem direito a refeições, oficinas e outros benefícios. Graças a Deus ninguém ficou ferido_ pontua Adriane.

O prédio ocupa um quarteirão e abriga também algumas secretarias da prefeitura e serviço de atendimento psicológico ao público. Não houve danos nestes outros espaços. O Florescer/CEAVA é um projeto ligado ao Instituto Elisabetha Randon e funciona em turno complementar ao da escola. O trabalho beneficia crianças e adolescentes de 6 a 14 anos com atividades pedagógicas, culturais e esportivas.

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros