Neuropediatra esclarece diferentes tipos de autismo em palestra em Caxias - Geral - Pioneiro

Evento24/10/2017 | 07h02Atualizada em 24/10/2017 | 07h02

Neuropediatra esclarece diferentes tipos de autismo em palestra em Caxias

Pesquisador e neuropediatra, Clay Brites, explica variáveis de transtornos e encaminhamentos corretos após diagnóstico

Pioneiro
Pioneiro

O autismo é um transtorno mental incurável, mesmo se diagnosticado na infância. Ainda assim, a detecção precoce — prioritariamente antes dos 3 anos de idade — facilita a aplicação de tratamentos que podem minimizar de forma significativa os impactos na vida sociável de quem sofre da condição. 

Leia mais:
Inscrições para concurso que escolhe as soberanas da Festa da Uva, em Caxias, começam nesta segunda
Diretora de colégio de Goiânia onde alunos foram baleados é de Caxias do Sul

Para esclarecer os diferentes tipos do chamado transtorno do espectro autista (TEA) que afeta 1% das crianças no mundo — o equivalente a um a cada 68 nascimentos —, o neuropediatra, Clay Brites, ministra duas palestras sobre o assunto nesta terça-feira, em Caxias. Voltada a profissionais da área, estudantes e pais de crianças com autismo, o evento frisará a importância da execução de ações que reduzam as implicações para crianças no convívio social, familiar e escolar.

— A rede de profissionais de saúde muitas vezes não está preparada para realizar os diagnósticos precisos ou fazer os encaminhamentos adequados. Há muita irregularidade na capacitação dos médicos, sendo que muitos consultórios, ou postos de saúde têm boa estrutura que garantiria um melhor atendimento — explica Brites.

Segundo ele, além de detalhar os diferentes tipos de distúrbios para médicos e educadores que têm contato mais recorrente com esse tipo de demanda, o objetivo das palestras é esclarecer quais encaminhamentos mais adequados logo após o diagnóstico do distúrbio:

— Às vezes até mesmo o atendimento prévio de um psicólogo pode ser mais eficiente para o tratamento posterior com um neurologista, mas o que acontece é que as famílias geralmente fazem o procedimento inverso — acrescenta.

O especialista ainda comenta que outro desafio de profissionais é conseguir diferenciar os sintomas do autismo com outros transtornos semelhantes, como o obsessivo-compulsivo, opositivo-desafiador, esquizofrenia, problemas de linguagem, entre outros.

Durante a tarde desta terça, Clay Brites, palestra em evento fechado para funcionários do Instutito Elisabetha Randon. Já à noite, o neuropediatra se apresenta no auditório do Colégio São José.

PARTICIPE

:: O quê: Palestra sobre Transtorno do Espectro Autista (TEA)
:: Quando: Terça-feira (24/10), das 20h às 22h
:: Onde: Auditório do Colégio São José - Rua Os 18 do Forte, 1870, Centro, Caxias do Sul (RS)
:: Inscrições: www.institutoformacaors.com.br
:: Valores: R$ 150 (estudantes), R$ 190 (professores), R$ 220 (profissionais de saúde) :: Informações: institutoformacaors@gmail.com

 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros