Memória: Emblemática Rádio Difusora Caxiense - Geral - Pioneiro

História26/10/2017 | 13h15Atualizada em 26/10/2017 | 13h15

Memória: Emblemática Rádio Difusora Caxiense

No dia 10 de outubro de 2017, a Difusora caxiense anunciou, após quase 60 anos, o encerramento de suas atividades

Memória: Emblemática Rádio Difusora Caxiense Tatiana Cavagnolli/Agencia RBS
Foto: Tatiana Cavagnolli / Agencia RBS

A história da Rádio Difusora Caxiense é repleta de fatos emocionantes e confunde-se com a dinâmica social de Caxias do Sul, cidade que ostenta inovadores projetos nos meios de comunicação. Conforme a edição do jornal Pioneiro de 5 de abril de 1958, a emissora adquiriu um equipamento moderno, para entrar ao ar em agosto daquele ano.

Na matéria que antecipou a atividade da Difusora, foram mencionados os nomes das pessoas que iriam conduzir os trabalhos. Na parte administrativa, estavam Elvo Marcon, diretor executivo, e José Pieruccini, diretor comercial. Na reportagem esportiva foram admitidos Gustavo Vanzelotti e Dorval Alves. Geraldo Vandré era o responsável pela programação musical.

Nos primórdios, o estúdio se localizava no antigo prédio do Hotel Bela Vista, na Rua Sinimbu com Marquês do Herval. A antena de transmissão foi instalada nas imediações do Hospital Fátima, em terreno cedido por Clélia Manfro e Virvi Ramos. 

Na imagem, percebe-se o cotidiano da emissora em agosto de 2008, quando estava completando 50 anos de atividades.

Família Bento Alves na Administração

*** Rádio Difusora/Tati ***Rádio Difusora completa 50 anos. Na foto: O diretor superintendente Raul Bento Alves, 78 anos, é filho do fundador da rádio, Ruben Bento Alves. A rádio ainda guarda discos antigos, uma das peculiaridades da rádio.
Foto: Tatiana Cavagnolli / Agencia RBS

A Rádio Difusora Caxiense foi constituída juridicamente em 1º de julho de 1957, por Ruben Bento Alves, então prefeito de Caxias do Sul, e mais três sócios. O irmão Ernani Bento Alves teve uma atuação responsável na gerência, valorizando a programação musical e o jornalismo.

A rádio, na gestão da família Bento Alves, viveu momentos emblemáticos. Em abril de 1969, a equipe esportiva formada por Adelar Neves, Luiz Corrêa, Waldomiro Moraes, Gilberto Oliveira e Renato Monteiro, transmitiu o jogo inaugural do estádio Beira-Rio.

Na política, o repórter Marçal Rodrigues viajou a Brasília para noticiar a posse do Presidente da República José Sarney e, em seguida, a morte de Tancredo Neves, em abril de 1985.

 Na foto, percebe-se Raul Bento Alves, filho de Ruben Bento Alves, que relatou momentos marcantes no cinquentenário da Difusora, em 2008.

Ambiente contagiante da rádio

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL (11/10/2017). Rádio Difusora Caxiense, fundada em  1º de julho de 1957, encerrou suas atividades em  10 de outubro de 2017. Na foto, Junior Brando (camisa vermelha) e José Peroni foram os últimos radialistas a permanecerem  na rádio. Difusora 2017. (Roni Rigon/Pioneiro).
Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

No dia 10 de outubro de 2017, a Difusora caxiense anunciou o encerramento de suas transmissões. Junior Brando (D), operador de áudio há 25 anos, e José Peroni, apresentador do programa Nossas Raízes, foram os últimos colaboradores da emissora. Brando ficou reconhecido pelo conhecimento na discografia. Peroni incentivou uma geração de artistas, abrindo espaço para música gaúcha, e rodou clássicos dos Bertussi, Teixerinha, Gildo de Freitas, Porca Veia, entre outros. A emissora estava localizada na Avenida Júlio de Castilhos, edifício Dona Adelaide.

Confira outras publicações da coluna Memória

Leia antigos conteúdos do blog Memória 


 

Veja também

Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros